Meio Bit » Baú » Games » Falta inovação aos FPSs?

Falta inovação aos FPSs?

Para criador do GoldenEye 007 e Perfect Dark, FPSs atuais para os consoles não conseguem inovar.

26/10/2010 às 19:30

dori_007_26.10.10

Martin Hollis será eternamente lembrado por ter criado dois dos melhores jogos de tiro em primeira pessoa para os consoles, GoldenEye 007 e Perfect Dark, títulos que marcaram uma geração, principalmente por terem trazido uma jogabilidade que privilegiava o raciocínio e por terem modos multiplayer que se tornaram febres entre os donos de um Nintendo 64. Depois de deixar a Rare e ajudar no desenvolvimento do Game Cube, o game designer fundou em 2000 a Zoonami, que desde então só lançou os jogos Zendoku e Go! Puzzle e agora deu uma declaração onde criticou duramente a maneira como os FPSs tem sido feitos para os consoles.

Sinto que os consoles perderam terreno e energia com os FPSs desde aqueles dias. Hoje em dia as coisas interessantes que acontecem para FPSs costumam ser no PC e nele há uma cultura diferente e diferentes estilos de jogabilidade.

A experiência de jogar é muito diferente , muito solitária. Existe o online, mas não deixa de ser solitário. Acho que o gênero abandonou aquela ideia de ter as pessoas juntas em uma sala para uma experiência “mais Xbox” – acho que é uma grande vergonha.

Tenho que admitir que quando olho para os FPSs, sempre procuro por inovação e não costumo ficar empolgado com o que as pessoas tem feito. Não iria tão longe a ponto de dizer que eles tem sido retrógrados, mas terrível quantidade de coisas que tenho visto não são realmente novas. ”

Pelo jeito os críticos dos jogos de tiro em primeira pessoa ganharam um representante de respeito e mesmo achando que seu comentário tem um fundo de razão, não concordo que os FPSs sejam sempre a mesma coisa e penso que ele se equivocou um pouco, já que é muito difícil ver atualmente jogos do gênero que saem apenas para os computadores, então, se está faltando inovação, não acredito que seja um problema exclusivo dos consoles.

[via CVG]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários