Meio Bit » Baú » Fotografia » GVT, Universal e streaming de milhares de músicas

GVT, Universal e streaming de milhares de músicas

GVT lança Power Music Club, serviço de streaming de música gratuito.

08/11/2010 às 9:11

GVT Power Music Club

GVT Power Music Club

Tinha recebido um e-mail sobre o GVT Power Music Club e recentemente o Dori comentou esse lançamento. Resolvi fazer um teste do serviço e posso dizer duas coisas: fantástico e confuso. Calma, que eu explico no resto do artigo. A idéia do GVT Power Music Club é dar aos clientes da operadora um "diferencial". E esse diferencial foi facilmente obtido após a compra da empresa pela Vivendi, que também é dona da Universal Music Group (UMG).

O cadastro é bastante simples. Se você já é cliente, basta digitar o código do assinante (que fica na fatura da operadora) e o CPF do titular, e preencher o formulário de cadastro. Após feito tal procedimento, você é redirecionado para o serviço.

Catálogo de Artistas

O catálogo é gigante. Fui selecionar por gênero musical, escolhi Jazz e ele me retornou uma lista com mais de 27.000 músicas diferentes. Escolhendo um gênero mais popular, POP, o site me retornou uma lista com mais de 57.000 músicas diferentes. Na mesma escolha de gênero musical tem Tango. Escolhi e retornou uma lista com apenas 18 músicas. Número BEM desproporcional em relação à quantidade total de músicas de Jazz, por exemplo.

O site também conta com uma lista interessante de vídeos. Os vídeos carregam de forma bem mais rápida do que no YouTube, talvez pelo fato de ser "GVT-GVT"?

Mesmo o catálogo de artistas sendo imenso, notei a falta de alguns que gosto muito e parecem ser "obscuros"... Alphabeat, por exemplo. No site do serviço ele conta apenas com um clipe e nenhuma música. O fato ocorreu com outro cantor mas, no caso deste outro ele só encontrou uma música remixada. Antes que alguém fale: essa banda e esse cantor não pertencem à Universal Music. Não, na verdade eles pertencem à um dos grupos da UMG: Polydor e Island Records.

Tecnologias

Acho que eles querem que apenas os clientes da GVT, de desktop, utilizem o serviço. Já que para acessar o serviço você precisa ter o Flash instalado no computador... Não sei se eles pretendem desenvolver outras tecnologias de acesso. Como, por exemplo, utilizar uma aplicação em AIR ou Flex para escutar a música via Desktop, sem precisar deixar um navegador aberto.

Achei o emprego do Flash desnecessário e inútil. O site poderia ter sido feito em HTML, CSS e as músicas carregadas via streaming. Talvez, eles escolheram Flash para evitar o download de ferramentas adicionais, como alguma ferramenta de streaming. E Flash também funciona nos principais sistemas operacionais para desktop do mercado.

Confuso

O site demora muito para obter a lista de todas as músicas. Esse fato se deve, pelo simples fato de não existirem paginação. Ele exibe todos os artistas em uma só página. Em alguns computadores mais lentos isso pode ser bem demorado e chato. O ideal seria dividir em uns 50 artistas por página.

O campo de busca às vezes falha. Quando tentamos digitar o foco do navegador aponta para a barra de endereços. Esse problema ocorreu apenas no Chrome para Mac. Testei no Chrome para Windows e funcionou perfeitamente.

Outros erros são de usabilidade: ao clicar em Login, ele não vai direto para o login. Ele mostra: "esqueceu sua senha e login". Para alguns usuários (meu pai, por exemplo), ele ficou esperando uns 30 segundos e perguntou: cadê?!? Acredito que seria melhor ter mostrado a tela de login e dado a opção de recuperar a senha.

Outro problema: tentei acessar o serviço em outro computador, na mesma rede e eu não consegui. Tudo indica que ele só libera o acesso para um computador por vez. Talvez isso seja uma estratégia: algum lançamento de versão plus, que permita fazer download, entre outros.

Segundo o FAQ, eles planejam lançar uma loja-virtual para vendas de música. Acho a idéia válida, desde que façam algo DRM-Free. Ou seja, quase impossível.

Para quem é cliente GVT, basta entrar no endereço do Power Music Club. Para quem não é, pode entrar e ficar escutando 30 segundos de cada música.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários