Meio Bit » Baú » Fotografia » Sony libera o primeiro sensor de 16,4 megapixels para celulares

Sony libera o primeiro sensor de 16,4 megapixels para celulares

08/10/2010 às 10:27

Lembram daquela velha regra que quanto mais megapixels adicionamos em um sensor, sem aumentar o seu tamanho, pior será a captura da luz por conta da diminuição do tamanho do pixel? Então, mas existe outra condicionalidade nessa regra. Isso só acontece quando não temos uma mudança na tecnologia empregada para fabricar esse sensor. Por isso que fico curioso em saber que a Sony vai produzir o primeiro sensor de 16,4 megapixels para celulares. Poderia ser absurdo se o sensor não fosse um CMOS retroiluminado.

A tecnologia do sensor retroiluminado da Sony apenas monta o sensor CMOS de uma forma diferente da tradicional. Assim, os circuitos ficam na parte de trás do sensor, garantindo que os receptores fiquem livres para captar uma quantidade maior de luz. Dessa forma, a Sony garante que um sensor CMOS, que é mais barato e possui um consumo menor de energia, tenha um desempenho igual ou melhor do que um sensor CCD. Esse novo lançamento, com tamanho de 1/2.8 polegadas, pode executar filmagens em Full HD com 30 fotogramas por segundo ou em HD com 60 fotogramas por segundo e fazer a impressionante seqüência de 15 fotos por segundo em resolução máxima.

O sensor, que foi batizado de IMX081PQ, vai entrar em produção apenas em fevereiro de 2011, mas se conseguir o rendimento da leva de sensores atuais que equipam os smartphones mais modernos vai ser uma nova revolução no setor. Talvez, e eu pensei que nunca fosse dizer isso, um telefone celular possa realmente substituir uma câmera compacta. Quem viver verá.

novo sensor sony

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários