Meio Bit » Baú » Software » BNDES dá aporte para primeiro ERP jurídico no país

BNDES dá aporte para primeiro ERP jurídico no país

Com aporte do BNDES para produzir o ERP jurídico Law Office, a Lawsoft começou a financiar a aquisição do programa. A novidade é conseqüência de acordo entre a 'software house' (desenvolvedora de programas) com o banco de fomento (BNDES), que aprovou o Law Office como bem de fabricação nacional e, portanto,

01/03/2006 às 23:30

Com aporte do BNDES para produzir o ERP jurídico Law Office, a Lawsoft começou a financiar a aquisição do programa.

A novidade é conseqüência de acordo entre a 'software house' (desenvolvedora de programas) com o banco de fomento (BNDES), que aprovou o Law Office como bem de fabricação nacional e, portanto, elegível para obtenção de linha de incentivos para ser adquirido por escritórios de advocacia com faturamento anual de até 60 milhões de reais.

Para fornecedores, como a Lawsoft, mesmo que a compra seja parcelada, o BNDES garante o pagamento à vista em até 30 dias.

Os interessados, primeiramente, devem se associar ao Cartão BNDES. Um dos pré-requisitos é que a empresa esteja em dia com suas obrigações com o INSS, FGTS, RAIS e demais tributos federais.

Mais detalhes do Law Office no próprio site da Lawsoft aqui.

relacionados


Comentários