Meio Bit » Baú » Segurança » Bobby Tables foi ver o que é que a Sueca Tem

Bobby Tables foi ver o que é que a Sueca Tem

24/09/2010 às 6:28

imagem meramente apelativa

A Vida Vive imitando xkcd, o que já é legal, mas quando a fonte da imitação é uma das melhores tirinhas da série, é tudo de bom. Falo da genial saga de Bobby Tables, o garoto batizado como um ataque de injeção de SQL.

Pelo visto ele cresceu e foi visitar os países frios no Norte da Europa. É o que dá para concluir, depois de ler este relato sobre as eleições na Suécia.

Aparentemente lá o precisa escrever o nome do candidato em uma cédula de papel, que é depois transcrita para um sistema eletrônico de totalização. Com isso vários engraçadinhos fazem a festa, inclusive um que votou em:

R;13;Hallands län;80;Halmstad;01;Halmstads västra valkrets;0904;Söndrum 4;pwn DROP TABLE VALJ;1

Houve gente mais cara-de-pau ainda, um tentou enfiar Javascript na cédula:

R;14;Västra Götalands län;80;Göteborg;03;Göteborg, Centrum;0722;Centrum, Övre Johanneberg;(Script src=http://hittepa.webs.com/x.txt);1

O TSE sueco (humm um TSE só de suecas seria uma bela evolução, mas divago...) publica a listagem dos candidatos online, mas como texto puro, assim nem o Javascript nem os vários outros votos que eram URLs são clicáveis ou ativos.

Quanto ao Bobby Tables, como a Suécia não convocou novas eleições é seguro dizer que nas faculdades de informática de lá ainda ensinam a fazer crítica de dados antes de jogar pro banco.

De resto, lá como cá há voto de protesto, mas ao contrário do Tiririca, com um milhão de votos os suecos protestaram votando no Pato Donald, só que mesmo sendo o mais votado entre os extra-oficiais, não passou de 120 (cento e vinte) votos.

PS: o Partido Pirata pelo visto é bancado pelo Opera. Para quem ia mudar o Mundo, estão bem fraquinhos. Conseguiram menos de 1% dos votos e não elegeram ninguém pro Parlamento.

Fonte: Slashdot

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários