Meio Bit » Baú » Internet » Adeus, Movable Type(?)

Adeus, Movable Type(?)

Six Apart é comprada por empresa de publicidade e muda de nome e foco. Nessa, como ficam as plataformas de blogs Movable Type e TypePad?

22/09/2010 às 8:09

RIP Movable Type. Os mais novos talvez não conheçam, mas antes do boom do WordPress, havia outra plataforma de blogs que, à época, tinha tanta importância quanto o sistema de Matt Mullenweg tem hoje: o Movable Type.

Criado pelo casal Ben e Mena Trott através da empresa Six Apart, era o MT que movia boa parte dos maiores blogs do início da década, como The Huffington Post, blogs da ABC, BBC e, no Brasil, o saudoso Gardenal.org — uma das minhas maiores frustrações internéticas foi nunca ter comprado uma das bacaníssimas camisetas que eles vendiam.

Da Six Apart, também surgiram o TypePad, que em termos simples é como o Movable Type serviço, hospedado pela própria empresa, e o LiveJournal, hoje nas mãos da russa SUP. Também tiveram o VOX, outra plataforma de blogs, já com data de falecimento decretada, próximo dia 30 de setembro.

O tom de retrospectiva desse texto vem da incerteza do futuro dos produtos voltados a blogs da Six Apart. Não é de hoje que o foco da empresa passou das suas plataformas para o mercado de publicidade em blogs, e dado o interesse e esforço emanados nesse sentido, essa guinada no foco da empresa deve estar surtindo efeito positivo. Tanto que, agora, a empresa foi vendida para a VideoEgg, também especializada em publicidade online. Com a compra, ambas perderão seus nomes e serão conhecidas por um novo, SAY.

Para quem ainda usa, gosta ou depende do Movable Type ou TypePad, há um quê de expectativa e ansiedade pairando no ar. O foco da SAY é, obviamente, publicidade, e mesmo garantindo que ambas as plataformas serão mantidas, é bastante provável que não terão mais os mesmos investimentos de outrora.

Outra luz no fim do túnel além da troca de sistema pode estar no Melody, plataforma de blog open source derivada da versão aberta do Movable Type. Muitos desenvolvedores estão comprometidos com o projeto, e mesmo com as dificuldades técnicas e mercadológicas (entenda "bater de frente com o WordPress"), é legal ver que, ao menos espiritualmente, o Movable Type continuará entre nós...

Fonte: Mashable.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários