Meio Bit » Baú » Indústria » 2005: Windows bate UNIX em servidores

2005: Windows bate UNIX em servidores

22/02/2006 às 20:23

O ano de 2005 escreveu um dos capítulos mais interessantes da história da indústria da tecnologia. Durante a década de 1990 os analistas do mercado de servidores previram que o Windows tornaria-se o sistema operacional mais vendido nesse segmento. Demorou muito mais do que os analistas esperavam mas em 2005, pela primeira vez na história, o Windows vendeu mais para servidores do que o UNIX. As vendas de Windows para servidores atingiram US$ 17.7 bilhões enquanto que todas as vendas de UNIX somadas chegaram a US$ 17.5 bilhões. A demora para que a Microsoft chegasse ao topo desse mercado pode ser atribuída a vários fatores, como:
- O Windows demorou muito mais tempo para tornar-se um sistema maduro e estável do que esperado pelo mercado;
- O UNIX, principalmente o Sun Solaris, ao contrário do esperado saiu-se muito bem no mundo pontocom;
- O amadurecimento do Linux, que trouxe as qualidades do UNIX para o hardware x86.
Esses e outros fatores alongaram a estrada da Microsoft rumo à liderança de mercado dos servidores.Mas essa não foi a única surpressa de 2005. O Linux assumiu pela primeira vez o terceiro lugar em faturamento, tomando a posição dos sistemas IBM z/OS, O Linux fechou 2004 com US$ 4.3 bilhões e em 2005 evoluiu para US$ 5.3 bilhões. Esse fato dá a impressão de que em alguns anos teremos mesmo o Windows e o Linux brigando frente a frente pela liderança de mercado de servidores, já que duas das três maiores revendedoras de UNIX já possuem o Linux como alternativa de sistema em seus produtos (IBM e HP). A Sun ainda mantém seu carro chefe no Solaris, mas a abertura de seu licenciamento realizada em 2005 indica que a empresa estará mais focada em software de fonte aberta. Se o desempenho do Solaris continuar declinando a Sun pode considerar como alternativa a adoção de Linux em sua primeira linha de produtos também.

Outro ponto notável do mercado de servidores de 2005 é a participação da AMD como fornecedora de processadores. Em 2004 a participação de processadores AMD no mercado de servidores low-end era cerca de 6%. Mas a competidora da Intel fechou o ano de 2005 com 14,3% do mercado, dobrando sua participação comercial em apenas 12 meses. Muito impressionante! E parece que a Intel concorda comigo, pelas decisões que vem tomando...

Fonte dos dados: Cnet

relacionados


Comentários