Meio Bit » Baú » Games » Jogos de ação ajudam a tomar decisões mais rapidamente

Jogos de ação ajudam a tomar decisões mais rapidamente

Após estudo, cientistas chegam a conclusão de que jogos de ação ajudam os jogadores a tomar decisões mais rápidas na vida real.

14/09/2010 às 15:40

dori_bad_14.09.10

Engana-se quem acha que os jogos eletrônicos são apenas ferramenta de entretenimento. Um estudo realizado por cientistas da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, descobriu que jogar títulos de ação pode servir como treinamento para que as pessoas tomem decisões mais rapidamente. Passar algum tempo nesses jogos podem fazer com que o jogador não só aperfeiçoe suas habilidades no mundo virtual, mas também melhore em atividades como dirigir, locomover-se em cidades, ler pequenas letras, realizar várias tarefas ao mesmo tempo ou não perder um amigo no meio de uma multidão.

Para chegar ao resultado, eles dividiram dois grupos de voluntários entre 18 e 25 anos. Enquanto um foi posto para jogar o The Sims 2 por 50 horas, o outro passou por seções com o mesmo tempo de Call of Duty 2 e Unreal Tournament, com ambos tendo que responder uma série de perguntas no menor tempo possível. No geral aqueles que ficaram com os jogos de ação chegaram as respostas corretas 25% mais rápido.

Não é o caso dos jogadores de ação serem rápidos no gatilho e menos precisos: Eles são tão precisos quanto e também mais rápidos. Esses jogadores tomam mais decisões acertados por unidade de tempo. Se você for um cirurgião ou estiver no meio de uma campo de batalha, isso pode fazer toda a diferença,” afirmou a pesquisadora Daphne Bavelier, que publicará o estudo na revista Current Biology.

O resultado pode parecer um tanto óbvio para quem está acostumado a viver virtualmente em guerras e sobreviver a invasões alienígenas, mas não deixa de ser bacana ver que o resultado acaba ajudando a vários veículos de respeito perceberem que os jogos de ação não servem apenas como uma fábrica de maníacos homicidas.

[via 1UP e MB Fórum]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários