Meio Bit » Baú » Indústria » Pokémon? Digimon? Desk Pets!

Pokémon? Digimon? Desk Pets!

Conheça os Desk Pets, robôs que lutam e são controlados pelo usuário, mais ou menos a versão mundo real de Pokémon.

03/09/2010 às 9:49

Sabe de onde veio a ideia de Pokémon? Quando criança, seu criador, Satoshi Tajiri, tinha a mania de colecionar insetos. Ao imaginar eles lutando um contra o outro, e dada a dificuldade em "capturar" insetos onde vivia, uma região urbanizada, criou, anos mais tarde e já na Nintendo, Pokémon. Incrível como coisas geniais nascem de ideias simples, não?

O que vimos nos incontáveis jogos da franquia até hoje, no máximo, chegou à TV e ao cinema. E nem dá para imaginar de outro jeito: colocar animais de verdade para brigar, além de algo extremamente estúpido, é ilegal. Estaria a experiência de ser um mestre Pokémon limitada ao entretenimento eletrônico? Não se depender da Desk Pets.

A empresa, sediada em Hong Kong, trabalha numa série de robôzinhos com características diferentes entre si que têm a capacidade de partir para as vias de fato. O site oficial lista quatro modelos — ou três, se você desconsiderar a (meio inútil) pedra solar epiléptica, e todos com nomes tão legais quanto os dos Pokémons.

O GoBot opera numa frequência, está disponível em quatro cores e... pula! Com um toque no controle remoto, ele dá pequenos saltos destruidores de inimigos curtos.

SkitterBot é o mais legal deles. Esse lembra uma aranha, também possui quatro cores distintas, e opera em quatro frequências diferentes, o que permite uma confusão generalizada de aranhas robóticas, cada uma controlada por um controle remoto de cinco botões (quatro direcionais e um para parar). A única coisa que decepciona é a proporção 2:1 da bateria: carregue-a por 30 minutos, brinque por 15.

Por fim, o TrekBot, que para encurtar a história, é a versão com rodas do SkitterBot.

Todos, com exceção da Solar Pet Rock (por motivos óbvios), são carregados via USB.

Essa empresa tem uma oportunidade de ouro nas mãos. Resta saber se o desenvolvimento ocorrerá de modo a tornar os Desk Pets mais variados, funcionais e resistentes, ou se ficaremos só nessas quatro "provas de conceito".

Fonte: TechGuru (via @eduardospaki).

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários