Meio Bit » Baú » Fotografia » 5 Maneiras Fáceis de reinspirar sua criatividade fotográfica

5 Maneiras Fáceis de reinspirar sua criatividade fotográfica

02/09/2010 às 21:33

Você já pegou sua câmera, se preparou para fotografar e na hora não saiu nada? Ou apenas fotos que não foram aproveitadas? Segundo Paulo Brasil, o momento mais crítico para um artista é quando ele se depara com a tela em branco e não consegue se expressar para preenche-la. Com a fotografia isso também acontece. A qualidade da fotografia está ligada ao bem estar do fotógrafo e é um resumo de todo seu conhecimento e experiência. Por isso que, às vezes, nos vemos travados em nossa criatividade. Um verdadeiro beco sem saídas.

criatividade

Foi pensando nisso que Claire Woollam escreveu um pequeno texto para o Digital Photography School onde ela lista cinco maneiras fáceis e baratas de você dar uma turbinada em sua criatividade e voltar a produzir de maneira satisfatória. Abaixo coloco (de maneira adaptada) essas cinco maneiras.

01 – Surfe pela internet – quando a criatividade está em baixa, nada melhor do que usar o Google Images ou locais específicos de compartilhamento de imagens como o Flickr, Olhares ou DeviantArt. Algumas vezes, me sinto um pouco travado durante os ensaios de Nu que realizo. Uma visita ao Olhares sempre me ajuda a desemperrar. Isso não deve ser visto como cópia de outros fotógrafos, mas abrir a mente para novas idéias. Você pode e deve empregar o seu próprio estilo em sua produção, mesmo nas que foram inspiradas em outros trabalhos;

02 – Visite exposições – A própria autora do texto se diz uma privilegiada por morar em Londres, um local onde existem diversas exposições de fotografia e galerias dedicadas a essa prática. A realidade brasileira é um pouco mais limitada, mas não quer dizer que não achemos nada para apreciar. Cidades médias e grandes sempre vão ter alguma coisa sendo exposta. Talvez não sejam divulgadas de maneira satisfatória, mas cabe a nós também saber onde procurar os circuitos culturais de nossa cidade. Nessa semana mesmo, visitei uma exposição aqui na cidade sobre o trabalho nas cerâmicas (olarias) da região. Ótimas imagens em preto e branco que nos fazem ter várias outras idéias para projetos viáveis;

03 – Bibliotecas – para mim, desde a infância, visitar bibliotecas é uma viagem na imaginação. A autora fala especificamente de procurar e folhear livros de fotografia. Eu iria um pouco mais longe. Qualquer livro (desde que lido com prazer e não por obrigação) pode fornecer uma centelha de inspiração para você. Tenho algumas dezenas de livros de fotografia aqui em casa (e não estou falando de livros técnicos, e sim de livros com trabalhos de grandes fotógrafos). Sempre que me encontro travado em algum projeto dou uma olhada em algum dos mestres e eles sempre tem uma resposta para mim;

04 – Mude sua rotina diária – essa é fácil. Tente encontrar novas paisagens para você. Pegue um ônibus diferente, vá para o trabalho por outras ruas, ou simplesmente se levante mais cedo e ande na direção oposta que sempre segue no seu dia a dia. Veja onde os seus pés o levam. Infelizmente, a vida em grandes cidades é alienante. Estamos sempre com pressa e querendo chegar ao próximo compromisso. Nunca observamos por onde passamos ou as coisas que nos cercam. Experimente ficar a hora de seu almoço sentado no banco de uma praça que você julga conhecer e apenas observe o ambiente. Você vai se surpreender com as coisas que vai descobrir;

05 – Divulgue fotos e participe de competições - Eu sempre achei, e acho, que participar de sites de compartilhamento, como o flickr, é muito positivo para o crescimento do fotógrafo. Sim amigos, embora muitos profissionais (e algumas estrelas da fotografia) tenham declarado ódio mortal pelo site, eu digo que podemos aprender muito lá pelas críticas e elogios que os usuários fazem em nossas fotos. Devemos ficar sempre atentos ao que estão falando de nossas imagens e sempre prestar nossas críticas (construtivas) aos outros usuários. Participar de concursos (locais, nacionais e internacionais) também é um bom termômetro para nossa criatividade. Os temas específicos são os que mais nos fazem pensar, planejar e tentar encontrar a melhor imagem.

São dicas fáceis, simples e quase óbvias. Mas, são extremamente eficazes para preencher o quadro branco que se encontra em frente de seu olhar.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários