Meio Bit » Baú » Miscelâneas » O dia em que não saber ciência salvou um gatinho

O dia em que não saber ciência salvou um gatinho

Criminosa tenta contrabandear tigre da Tailândia mas acaba se dando mal, graças à sua própria incompetência.

02/09/2010 às 7:43

Existe um lado utópico no qual achamos que conhecimento é sempre bom, que todo mundo sempre se beneficia se o máximo de pessoas for mais informada. Não é verdade. A sociedade só sobrevive enquanto ladrões forem mais burros que a polícia, vítimas precisam ser mais burras que golpistas para que estes existam, e que bem faria ao mundo se Hitler fosse muito mais versado em História e Metereologia?

Os estelionatários que inundam emails com mensagens escritas em português semi-analfabeto são uma demonstração da vantagem da ignorância. Se fossem realmente inteligentes seus golpes seriam perigosos, enganando muito mais gente. Sua ignorância os mantém restritos a uma camada limitada de gente... limitada. A inteligência no caso protege o usuário.

A pouca compreensão de como funciona o Mundo que nos cerca gera casos patéticos como o da garota do Facebook que entendia gravidade mas imaginava que a Terra era plana. Também gera casos como a cavalgadura mau-caráter que foi presa no aeroporto de Bangkok.

A miserável tentou embarcar para o Irã levando uma bolsa cheia de tigres de pelúcia. No meio deles, um tigrinho de verdade, cruelmente dopado. Na cebeça da GÊNIA, o raio-x do aeroporto mostraria o que há dentro da mala, o agente veria tigres de pelúcia, deixaria passar e pronto, ela ficaria rica e o tigrinho seria usado em rituais de magia negra de extremistas iranianos, ou seja lá o que eles façam com filhotes de tigre em Teerã.

A traficante de 31 anos foi presa, as Leis na Tailândia são severas, tigres são uma espécie ameaçada mas a própria ideia de que seria possível enfiar um tigrinho na bagagem de mão e se safar demonstra não só estupidez como malícia e sensação de impunidade.

O pesadelo é um mundo em que criminosos inteligentes se tornem familiarizados com a tecnologia, passem a utilizá-la para seus fins inescrupulosos e malignos, indo muito além dos script kiddies e criadores de vírus. Um mundo onde grandes conspirações sejam criadas por Mentes Criminosas manipulando a opinião pública em redes sociais, mercados sejam controlados como marionetes e governantes não passem de títeres inconscientes de seu papel.

Qual motivo disso não ter ocorrido ainda? No meu caso a resposta é preguiça.

Fonte: Wired.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários