Meio Bit » Baú » Games » Duke Nukem Forever, quem sabe um dia…

Duke Nukem Forever, quem sabe um dia…

Rumor diz que Gearbox estaria no comando do jogo e que demo sairia ainda em 2010. Será?

11/08/2010 às 8:39

dori_dnf_11.08.10

É muito provável que a produção de nenhum outro jogo tenha tido tantos problemas e sido tão ridicularizada quanto a do Duke Nukem Forever. Desde que foi anunciado, vimos o lançamento de grande nomes do gênero, como os dois Half-Life, o nascimento das séries Medal of Honor e Call of Duty ou mesmo a criação de vários capítulos (mais de dez, se somados) de franquias como Gran Turismo e Final Fantasy, jogos conhecidos por terem um longo período de desenvolvimento.

Mesmo assim, os fãs do personagem casca grossa nunca desistiram e sempre aguardaram pelo lançamento do jogo, o que pareceu ter ficado muito distante quando a 3D Realms dispensou a equipe que estava trabalhando em sua criação, mas eis que surge uma luz no fim do túnel.

De acordo com o blog Kotaku, uma fonte teria lhes dito que a Gearbox, mesma do Borderlands e da série Brothers in Arms, teria assumido a enorme responsabilidade de concluir um dos mais aguardados títulos da história dos videogames. O pessoal da produtora não confirmou o rumor, que inclusive garante que uma versão de demonstração do game será lançada ainda este ano, mas colocando um pouco mais de lenha na fogueira, o presidente da Gearbox, Randy Pitchford, disse que pretende esclarecer tudo durante a Penny Arcade Expo, que acontecerá entre em Seattle entre 3 e 5 de setembro.

Eu gostei muito do Duke Nukem 3D, tendo ficado realmente viciado nele quando joguei no meu PSOne, mas sinceramente, não dou mais a menor importância para esse Fornever Forever. Por melhor que seja o trabalho feito no jogo, com tanto tempo de atraso, mudanças na engine em que estava sendo produzido, processos e tanto achincalhamento, será praticamente impossível entregar um jogo que não sofra críticas de todos os lados. Na minha opinião eles deveriam é enterrar essa bomba no fundo de uma mina de sal e partirem para a criação de um jogo do personagem com outro nome, começando tudo do zero e esquecendo que o quarto jogo da série já esteve em desenvolvimento. Sei lá, que façam um recomeço para série e lancem um Duke Nukem Trinity, aproveitando o enredo dos outros jogos.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários