Meio Bit » Baú » Games » American McGee fará novo jogo sobre Alice

American McGee fará novo jogo sobre Alice

Game designer American McGee produção de novo jogo macabro sobre Alice no País das Maravilhas.

21/07/2010 às 8:32

dori_ali_21.07.10

Uma das minhas maiores frustrações como gamer é de nunca ter jogado o American McGee’s Alice. Não porque eu desconfie que o jogo seja um dos melhores de todos os tempos ou porque ele tenha feito um sucesso estrondoso, mas porque sempre tive curiosidade em ver como a personagem criada pelo britânico Lewis Carroll foi retratada em uma história mais voltada para o terror. Mas se a EA não parece ter intenções de relançar o jogo exclusivo para PC, ao menos eu terei a oportunidade de controlar a personagem em uma nova macabra aventura.

Desenvolvido pela Spicy Horse Games, produtora situada em Shangai e fundada pelo game designer American McGee, Alice: Madness Returns se passará 10 anos após o final do primeiro jogo, mostrando a tentativa da garota de se recuperar do trauma vivido após ver a morte de seus pais em um terrível incêndio, o que a fez ser internada por muito tempo em um manicômio. Seu objetivo agora é percorrer uma sombria Londres e um sinistro País das Maravilhas para descobrir o que realmente causou o trágico acidente que lhe deixou órfã.

Alice é uma ficção clássica. infinitamente rica e com personagens, lugares e experiências memoráveis. Nossa abordagem em Alice: Madness Returns é pegar um mundo colorido e o reinventar com personagens psicóticos e com sutil insanidade. Estamos ansiosos para compartilhar nossa visão com os fãs de Alice no País das Maravilhas e os gamers de todo o mundo,” declarou McGee no anúncio do novo jogo.

O jogo está sendo desenvolvido para o PC, Playstation 3 e Xbox 360, chegará ao mercado em 2011 e se o primeiro já possui cenários muito bonitos, será interessante ver o que o pessoal da Spicy Horse criar com a tecnologia atual. Só não vá deixar o game ao alcance das crianças, ok?

dori_ali_21.07.10-2 dori_ali_21.07.10-3 dori_ali_21.07.10-4

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários