Meio Bit » Arquivos » Games » Valve Steam

Valve Steam

04/01/2006 às 7:57

O Half-Life 2 é bom, ninguém discute. Eu esperava um jogo um pouco maior e alguma inovação de roteiro, para trazer um impacto semelhante ao primeiro. No geral, é um bom jogo, melhor que o Doom 3 e por não ter jogado, ainda não sei como ele se compara ao Quake IV.

Mas estou querendo falar é do Steam. Que me desculpem os admiradores da Valve, mas o Steam é RUIM demais. Minha nossa, até para um joguinho rápido, essa porcaria inicia... faz sei lá o que por uns 2 ou 3 minutos, descobre que eu desliguei ela da Internet porque fica jogando propaganda de coisa que eu não pedi, consome recursos como um motor a diesel de 1930 e é a coisa mais imbecil que eu já vi no mundo dos jogos, exceto, é claro, pela distribuição digital mais cara do que o jogo comprado na loja.

Eu não sei o que eles estavam pensando. A instalação demorou mais de 4 horas! Primeiro pelo menos 1 hora para essa porcariaware se atualizar, atualizar de novo e baixar spam da Valve. Depois desencriptar o Half-Life 2 e o Counter-strike, aí atualizar os dois jogos, de novo e ainda consumir 50 MB de memória para fazer... NADA. É, ele ainda tem a audácia de ficar residente em memória. Foi simplesmente a instalação mais chata, complicada, demorada e mal feita que eu já vi. Arruinou de cara o prazer do jogo. Sério, que decepção e falta de respeito...
Quero terminar o jogo logo, e não vou comprar mais nada que use Steam. Esse sistema é simplesmente software ruim. Os servidores vivem sobrecarregados e abarrotados. Mesmo com uma conexão rápida, a coisa é lenta de dar dó para fazer um mísero update. O jogo, instalado direto de um DVD está encriptado como se eu tivesse comprado online e demorou mais de 3 horas sem a máquina fazer mais nada.

Foi como um amigo meu, vendo o meu desespero querendo iniciar logo o jogo disse: poxa, se o jogo pirata não tem nada disso, você poderia comprar o jogo numa loja, pegar a versão pirata e usar. Olha, juro pra vocês que a vontade foi essa. O Steam é uma idéia boa, implementada de forma péssima. Na prática, quem compra um jogo deve ter a opção de atualizar ele quando bem quiser e não ser forçado a esperar desse jeito, logo de cara. Depois de tudo atualizado, é que você tem a chance de ir lá no menu e dizer: Não!

Além de tudo, ele ainda se acha muito importante a ponto de invadir o Startup (Iniciar automático) do computador, do qual ele foi imediatamente removido pelo System Guard. Isso é no mínimo desrespeito com o usuário. É o primeiro passo para o sistema operacional virar uma carroça depois de meia dúzia de programas instalados. Se fosse um firewall, antivírus, driver ou antispyware, tudo bem, isso faz parte essencial do sistema de proteção/funcionamento da máquina, mas um programa que tem a única função de atrapalhar minha vida? Não mesmo.

Uma visita rápida em fórums de jogos e pode-se notar rapidamente que não estou sozinho. A Valve diz que quem reclama é porque não pode piratear ou trapacear nos jogos e que o sistema é excelente. E mais, o sistema anda banindo usuários inocentes e a Valve é clara nas páginas de suporte: não reverte sob hipótese alguma porque o sistema é muito bom e perfeito. Compre o jogo novamente. E se você questiona a eficiência dele, eles dizem que o VAC (o sistema anti-trapaça) não apresenta falsos positivos: bullshit mentira. Todo software e algoritmo é passível de erro, até mesmo programas usados em caças militares possuem bugs.
O problema é que o programa faz uma varredura constante do seu sistema e se acha algum programa que possa estar comprometendo a integridade do jogo. Não sei quanto a vocês, mas exceto pelo anti-vírus, uu não quero um programa de terceiros analizando a minha máquina o tempo todo. Que ele fique restrito a área de memória do jogo ou ao seus arquivos.

O consumidor compra o jogo na loja com nota fiscal e é tratado como pirata, e depois como trapaceiro. A discussão gira em torno desse assunto desde o lançamento do jogo. E nesses dias, depois de uma reformatação e reinstalação, todo o problema inicial que eu tive... nada mudou.Valeu Valve, que o Steam te exploda!

relacionados


Comentários