Meio Bit » Baú » Fotografia » Natal com iPod Nano

Natal com iPod Nano

27/12/2005 às 22:10

Neste Natal eu "inicializei" o iPod Nano que a minha sobrinha ganhou. Veio com alguma carga na bateria, o que permitiu ver sua telinha funcionando imediatamente. Mas além do menu ser um tanto complexo (muita coisa desnecessária), demorei para descobrir que não vinha nenhuma música no aparelho, pois a tela apenas fica vazia, não aparecendo nenhuma indicação de que não há músicas. Eu, acostumado com o meu player de MP3/pendrive "xing-ling", conectei imediatamente o cabo USB no computador, que reconheceu o player como um drive externo, mas a transferência de arquivos foi lentíssima. Talvez seja culpa da configuração do computador, não sei, mas aparentemente não estava usando USB 2.0. De qualquer forma a transferência no xing-ling é bem mais rápida do que a que eu obtive no iPod. Mas enfim, transferi um monte de MP3 pra ele copiando e arrastando para o player pelo Windows Explorer, lógicamente a maneira mais fácil de se alimentar um player de MP3, a mesma usada no meu xing-ling. Qual não foi a minha surpresa quando fui tentar tocar as músicas. A lista continuava vazia! Aí descobri que esse player, de uma empresa reconhecida por zelar pela facilidade de uso de seus produtos, só permite a transferência de músicas pelo software da Apple, o iTunes. E olha, essa é a parte pior. Como é enjoado esse software! Depois de dezenas de minutos não descobri como se seleciona as músicas e transfere só as selecionadas para o player. Tudo bem que mais algumas horas e provavelmente eu tiraria minha "carteira de motorista de iPod", e talvez tenha algumas manhas pra conseguir utilizá-lo do jeito que eu acho que deveria ser, mas era de se esperar mais da produtora da interface gráfica mais amigável do mundo! E o meu xing-ling, que basta arrastar e soltar, e que eu mesmo testei por inteiro na frente do vendedor sem nunca tê-lo usado antes, ainda tem rádio FM e gravador de voz, coisas que o dolorido para o bolso iPod Nano não tem.

relacionados


Comentários