Meio Bit » Baú » Internet » Doe... palavras.

Doe... palavras.

Projeto #DoePalavras permite que qualquer um mande mensagens de apoio a pacientes do Instituto-Hospital Mário Penna através do Twitter.

25/06/2010 às 9:13

doepalavrassan.jpg

O mundo pode ser um lugar um bocado desconfortável. Especialmente se notarmos o quão absortos podemos ficar com coisas absolutamente sem qualquer importância. As discussões mais tolas do mundo, aquela fechada no cruzamento a caminho do trabalho ou um bug qualquer que insiste em tirar o seu couro. Mas existe algo ainda mais comum à todos. O facto que, eventualmente, todos vamos precisar de um boost uma hora; de ajuda.

Então...

Sabe aquelas idéias tão bacanas, mas tão bacanas, que de tão simples a primeira coisa que nos vem à cabeça é "porque é que eu não pensei nisso antes...."? Manjas?

Esbarrei neste site. Depois, quando comecei a preparar este texto (com a intenção de dar uma quebrada mesmo, do mesmo jeito que me quebrou o seu impacto, sua delicadeza e a sua tamanha simplicidade), nem imaginava como iria caracterizá-lo. Mas não demorou muito e fez bastante sentido dizer que o assunto da pauta é: código... aberto. Bem aberto.

O Instituto-Hospital Mário Penna foi além de apenas executar o trabalho de cuidar das pessoas. E é exatamente aí que podemos ver que com uma boa idéia, as pessoas mexem o mundo mesmo. Com iniciativa advinda de dentro do próprio instituto, o portal #DoePalavras foi criado e a ideia é muito joia.

Apostando que a sua voz (ou letra) também é um santo remédio, a coisa funfa assim: você acessa a página e deixa um recado pessoal que caiba em até 127 characteres. Ele será exibido em aparelhos de TV dentro e fora do hospital para pessoas que você provavelmente nem vai encontrar pela vida (nunca se sabe) e que estão na peleja com algum problema sério de saúde.

Recomendo dar uma lida na página do Projeto (link à esquerda; não incluí porque está em flash. Se já fosse HTML5...).

Simples. De graça. Ligado à sua rede social.

Nota 11.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários