Meio Bit » Baú » Software » Linux Larry?

Linux Larry?

19/06/2010 às 14:10

A Oracle demonstrou interesse em adquirir empresas como a JBoss e a Novell, com a intenção de colocar no mercado uma versão proprietária da empresa para o Linux OS - Essa foi a notícia que deu saiu no Financial Times. A JBoss já havia sido supreendida na semana passada pelo gigante em Linux, a Red Hat, que não podia ter sido mais clara em relação às suas intenções.

Na outra ponta, Larry Ellison ainda defende a compra da Novell por acreditar que as companhias baseadas em open-source tenham a sua propriedade intelectual mais vulnerável à co-optação a qualquer momento. Ou seja, segundo a opinião de Ellinson, ou a empresa distribui proprietariamente ou está mais sujeita a ser trocada. Mas isso não valeria para ambos os casos (mercado proprietário E o open-source), seu José?

"A razão para que eu desgoste ficar assinando cheques de centenas de milhares de bilhares de dólares para coisas que são open-source é que, se nós pudéssemos fazer isso em casa, outras pessoas também poderiam" - choraminga o pobre Ellinson.

Como essa sua visão difere do ambiente mercadológico tradicional do software, o mesmo que Ellinson despeja bilhões regularmente? Quem sabe...?

Por outro lado, dizem as bocas malditas da imprensa especializada que Larry está se derretendo em suas memórias dos anos 60, trabalhando não mais do que 50 horas semanais e passa seu tempo livre a meditar em sua mansão super-luxo de arquitetura japonesa em Woodside.

'Há uma conexão primitiva entre as correntes d'água e a madeira inacabada, não cortada (...) É um maravilhosa contrapartida para o resto da minha vida, que não é calma. Eu sou bastante intenso", Larry Ellinson

Só para quem não sabe muito bem de quem estou falando, Larry Ellinson é um magnata da indústria do ware, filantropo e CEO/co-fundador da Oracle. Em 2010 foi reconhecido como a sexta maior fortuna do mundo, com um patrimônio pessoal de 28 bilhões de dólares.

Quase dá para ouvir tocando dentro da cabeça dele: "Queeeeee Open-Source que nada..."

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários