Meio Bit » Arquivos » Fotografia » Canon EF 70-200mm f/4 L IS USM – eu quero uma

Canon EF 70-200mm f/4 L IS USM – eu quero uma

12/06/2010 às 20:44

Como alguns sabem, semana passada estava fotografando a VI Mostra de Teatro aqui em Presidente Prudente. O último espetáculo (A Serpente de Nelson Rodrigues) era composto por uma iluminação de palco muito fraca. Como minha tele da Sigma é muito escura, preferi pegar emprestada de um amigo a Canon EF 70-200mm f/4 L IS USM. Embora não seja uma lente muito clara, o f/4 já é superior ao f/5,6 da Sigma. Fora isso, temos uma nitidez melhor e o estabilizador de imagem que garante o uso de velocidades mais baixas de obturador.

Canon EF 70-200mm f4 L IS USM

Quem é usuário de Canon sabe que as lentes brancas da série L possuem algo de místico. Não existe um canonzeiro que não olhe essas gracinhas com reverência. Façam um teste. Tire uma dessas da bolsa no meio de um grupo de fotógrafos. Até quem usa outras marcas se interessa em ver, tocar e testar. Embora essa em específico não seja uma f/2,8 (muito mais cara) o rendimento da qualidade de imagem tende a superar esse pequeno ponto. Principalmente se você não possui outras lentes da linha profissional.

20100611-IMG_6413 20100611-IMG_6474

Do ponto de vista da construção e características, temos um belo equipamento. A lente possui 172mm de comprimento e 76mm de diâmetro e pesa em torno de 670 gramas. Tanto o movimento de foco quanto o de zoom são internos, o que facilita um pouco o trabalho do fotógrafo. Pontos muito positivos são a vedação contra poeira e água (permitindo seu uso em situações ambientais mais extremas) e o autofocus com focagem manual em tempo integral, ou seja, mesmo com o foco ajustado para o automático, o anel de foco manual fica funcional, o que ajuda em situações de pouca luz onde o foco automático possa ter dificuldades. Tanto o anel de zoom quanto o de foco se movem de maneira macia e precisa o que torna a comparação com qualquer outra lente que eu possua uma covardia.

20100611-IMG_6553 20100611-IMG_6556

A Canon garante que o estabilizador de imagem pode lhe render até 4 pontos de luz. De maneira prática, basta dizer que se você necessita de uma velocidade de obturador em 1/250 em 200mm para fazer sua foto, com o estabilizador de imagem acionado essa velocidade pode cair para 1/15. Porém, observando que em uma velocidade tão baixa os objetos em movimento vão ficar borrados em sua imagem. Eu tenho o péssimo hábito de nunca acreditar na propaganda das empresas. Não cheguei a utilizar a lente com velocidade tão baixa, mas fiz fotos em 200mm usando o obturador em 1/50 e nenhuma delas apresentou perda de qualidade por conta de instabilidades. Ao acionar o botão do disparador para o foco, o estabilizador já se mostra pronto, produzindo um leve zumbido na lente. O foco sempre foi preciso, mesmo em situações de pouca luz, e totalmente silencioso.

20100611-IMG_6574 20100611-IMG_6580

Além da qualidade extraordinária, cabe lembrar novamente que uma lente dessas deixa seu equipamento muito mais imponente. Pode não ser uma observação válida do ponto de vista da qualidade, mas que é bacana não podemos negar. Porém, o mais importante, é a qualidade final da imagem, que nesse caso se mostra totalmente satisfatória. Ótima nitidez, aberração cromática inexistente e boa representação de cores. Só lembrando que o equipamento não é novo. A lente foi lançada em 2006, mas ainda se mostra extremamente relevante no mundo da fotografia. Existe uma versão da mesma lente sem o estabilizador de imagem, o que a torna muito mais barata, porém com a mesma qualidade ótica. Mais um sonho de consumo para entrar em minha pequena lista.

20100611-IMG_6582 20100611-IMG_6601

P.S. – Todas as imagens desse post foram feitas durante o Encontro Regional de Cultura do Oeste Paulista realizado na cidade de Osvaldo Cruz.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários