Meio Bit » Arquivos » Games » Mikami: Os JRPGs nunca foram populares no ocidente

Mikami: Os JRPGs nunca foram populares no ocidente

Pai do Resident Evil acredita que JRPGs nunca foram tão populares no ocidente.

11/06/2010 às 16:41

Não é de hoje que tanto a indústria quanto os jogadores tem discutido o declínio dos RPGs japoneses. Talvez os jogos do gênero feitos desse lado do mundo que tenham evoluído muito ou as produtoras japonesas que tenham perdido a mão, mas o curioso vermos como os JRPGs não parecem agradar mais a maioria como antigamente.

A ser questionado sobre a queda de popularidade desses jogos, Shinji Mikami, o criador da série Resident Evil deu uma resposta muito interessante e que pode nos fazer olhar para o assunto com outros olhos.

Acho que é porque na verdade os JRPGs nunca foram assim tão populares no ocidente. Penso que a melhor maneira de interpretar as coisas é que eles não se tornaram menos populares; desde o início eles não foram muito populares.

O pior de tudo é que ele não deixa de ter um pouco de razão. Com exceção da série Final Fantasy e de um outro título, como o Chrono Trigger, os RPGs criados no Japão, a rigor sempre foram jogos de nicho, com alguns fãs idolatrando ames como Xenogears ou Phantasy Star, mas com a maioria dos jogadores simplesmente os ignorando. Para falar a verdade, acho até que o gênero no geral não possui um público tão amplo como os FPSs e jogos de plataforma, por exemplo. Esse estilo de jogo demanda um longo tempo de dedicação e costuma ter um ritmo mais lento, o que, acredito, acaba afugentando a maioria.

[via CVG]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários