Meio Bit » Baú » Internet » Adobe declara ataque da Apple ao Flash um fracasso

Adobe declara ataque da Apple ao Flash um fracasso

10/06/2010 às 12:05

A campanha Just the Facts: BadFlash da Apple tem levantado muitas vozes em concordância, mas não virou nem vai virar uma caça às bruxas. O Mercado está amadurecido o bastante para entender que diversidade é algo bom. O Flash tem seu uso, metade dos desenhos animados hoje em dia é feita nele, há sites magníficos que levariam 10x o tempo se produzidos em DHTML (que é igual a HTML5 - HYPE).

Só que o foco é o mercado mobile e embora a Adobe diga que tem o Flash Lite (que quase funciona) e que em breve lançará uma versão maravilhosa full do Flash 10.1 para celulares na prática não funciona assim. Conteúdo em Flash nos celulares roda mal, consome CPU a rodo, não usa aceleração por hardware para vídeos e é algo que se faz falta, nenhum dono de celular notou até agora.

Qual a estratégia da Adobe diante disso? Declarar a Campanha da Apple um fracasso, e prometer seu player Flash em mais de 250 milhões de celulares, no final de 2012.

OK. Exceto que o (aparentemente) maaaravilhoso Nokia N8 (lembra um Lotus Turbo Esprit) vem com Flash Lite, o Windows Phone 7 não vai suportar Flash em suas primeiras versões e quanto ao iPhone, nem se fala.

OK (de novo) Adobe. Eu acredito. Flash é o futuro. Mas para ser honesto acreditaria mais ainda se vocês não tivessem fechado uma parceria com a Greystripe para criar um conversor FLASH->HTML5.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários