Meio Bit » Arquivos » Mobile » Foursquare banido na China

Foursquare banido na China

05/06/2010 às 7:24

A idéia do Governo de Beijing é que Democracia Chinesa coninue sendo apenas um disco do Guns, e temos que admitir, os marketistas-leninistas de olho puxado tem feito um bom trabalho quanto a isso. Depois de manterem uma Internet altamente censurada (até me blog pessoal é banido lá, juro!), doutrinarem politicamente o povo para que prefiram cometer suicídio a pedir aumento, depois de conseguirem expulsar o Google do maior mercado potencial do planeta, agora a bola da vez é o FourSquare.

Reporta o TechCrunch que usuários chineses não estão mais conseguindo se logar no sistema. Aparentemente as autoridades acompanharam o surgimento de um protesto virtual, nos moldes de um que aconteceu na Indonésia, e resolveram cortar o mal pela raiz.E mandar a conta do machado pra família da árvore, por assim dizer.

O protesto envolvia gente fazendo check in, de verdade e de mentira na Praça Tianamen, palco das famosas manifestações de 2009 1989 quando milhares de estudantes se reuniram para pedir liberdade, democracia, paz, e mostrar que um Homem é muito mais poderoso do que uma fileira de tanques.

Com o exército debandando a manifestação, matando 3000 estudantes o consenso geral assumindo que o cara do tanque foi fuzilado, a China continua a mesma coisa, a nova geração sequer tem conhecimento do massacre, que não é ensinado nas escolas e nem adianta mandar procurarem no Google...

Por isso banir uma rede social "meh" como o FourSquare apenas por um possível protesto virtual que sequer foi confirmado não é uma atitude precipitada, é uma atitude coerente dentro do modelo de pensamento do Governo Chinês.

Claro, se te faz sentir melhor, pode fingir que a China só fabrica produtos da Apple...

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários