Meio Bit » Baú » Software » Educação OpenSource no Vale do Silício: em Julho

Educação OpenSource no Vale do Silício: em Julho

Para quem já está além de instalar distribuições e baixar aplicações livres para baixar os custos de seus planejamentos, o mercado de desenvolvimento para soluções de código aberto é bastante lucrativo e se anuncia por aí ao seu melhor 'muito bem obrigado' .

05/06/2010 às 10:37

Open Source...

Não somente essas duas palavras e toda a idéia que já transmitem, mas também todo o imenso (e lucrativo) universo que revolve ao redor da prática licenciada do código livre já caminhou um bom pedaço. Atualmente, já se pode ver em grande quantidade diferentes aspectos da computação aberta, desde re-versões e distribuições, até aplicações de web, servidores, segurança... em todas as áreas existem bons exemplos de software livre.

Ao que todo esse ecosistema avança, também aumenta a necessidade por desenvolvedores tecnicamente talentosos, colaboradores, evangelistas e source-experts para que a roda continue girando.

A quantidade de universidades americanas, europeias e asiáticas que procuram continuamente inserir fontes tecnólogicas open source em seus curriculos já pode ser reconhecida como algo além de um mero ideal. O ambiente acadêmico figura como a principal mola propulsora na conversão entre demanda profissional e o crescimento de novas alternativas ao código proprietário. Por aqui, a coisa ainda é mais ideológico-capitalista do que acadêmica e mais pega-se pronto do que se cria. Mas... 'only knowledge will get us'there, ey?'

Para quem já está além de instalar distribuições e baixar aplicações livres para baixar os custos de seus planejamentos, o mercado de desenvolvimento para soluções de código aberto é bastante lucrativo e se anuncia por aí ao seu melhor 'muito bem obrigado' .

Com estes pontos em mente, uma comunidade hiperativa de experts e evangelistas em OpenSource chamada TeachingOpenSource.org compilou um programa de 5 dias para que educadores possam ganhar a profundidade necessária e compreender em detalhes como funciona o universo de desenvolvimento de softwre livre hoje.

Este programa tem sido conduzido com bastante sucesso desde 2009 e é conhecido como POSSE - Professors Open Source Summer Experience (Experiência de Veraneio para professores de Open Source).

Para que se tenha uma visão do tamanho dos interesses e da repercussão que o miolo prático destes eventos tem obtido, a própria The Open Source Initiative (OSI) e a Red Hat apoiaram a organização deste 'acampamento' no Vale do Silício, de 6 a 10 de Julho em Mount View, Califórnia.

A prata da casa mais comumente convidada é composta por professores e instrutores técnicos que vão desde cursos livres até as graduações mais robustadas de universidades que estejam envolvidas com tecnologias código-livre, ferramentas e desenvolvimento de software.

Para quem já se ocupa de lecionar nessas instituições acadêmicas, a inscrição é gratuita (atenção: isso somente professores, tutores, instrutores, etc). Custos à parte, para aqueles que têm os olhos nessa direção, o POSSE vem gradualmente se convertendo num importante milestone da agenda do desenvolvedor.

Não sei dizer exatamente às quantas andam as vagas, mas posso dizer que as cadeiras são limitadas e a OSI recomenda um registro o mais adiantado possível. A quem interessar possa, o registro é feito por aqui.

Para quem precisa de mais informações e pormenores sobre o POSSE California 2010, existem dois e-mails para contato: com Alolita Sharma ou Mel Chua.

Informações sobre o POSSE podem ser obtidas neste weblink.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários