Meio Bit » Baú » Internet » Google I/O, 2º dia: Android 2.2 "Froyo", Google TV e Google Font API

Google I/O, 2º dia: Android 2.2 "Froyo", Google TV e Google Font API

Google mostra suas armas na Google I/O. De Android novo a Google TV, vem (muita) coisa boa por aí...

24/05/2010 às 11:22

Semana passada, como já noticiamos, aconteceu a Google I/O, conferência anual do Google onde (algumas das) novidades da empresa são mostradas. Nesse ano, os destaques foram o retorno do Google Wave e o The WebM Project no primeiro dia. No segundo, Android 2.2 "Froyo", Google TV e Font Directory.

Android 2.2 "Froyo"

Entre o anúncio do Android 2.2, codinome "Froyo", e seu lançamento, foram poucas semanas. As novidades mais significativas da nova versão do sistema móvel do Google, segundo o Lifehacker, são:

  • Hotspot portátil e tethering via USB: falando de modo grosseiro, esses recursos transformam o smartphone num modem. O primeiro, wireless, com suporte a até 8 dispositivos e criptografia WPA2 PSK; o segundo, "conversa" com Windows e Mac OS X, e compartilha a conexão 3G via cabo USB;
  • Suporte a Flash: enquanto a Apple (e meia Internet) crucificam o Flash, da Adobe, o Google corre em sentido contrário ao oferecer e promover o Flash em seus produtos. O Froyo suporta o padrão nativamente, e inclusive reproduz vídeos de sites como YouTube numa boa. A implementação aqui, também mediante plugin (tem no Android Market), permite configurá-lo para agir sob demanda, ajudando na economia da transferência de dados, bem como na agilidade do carregamento de sites que possuem componentes feitos em Flash;
  • Desempenho: melhorias em vários pontos, mas especialmente no processamento de JavaScript no navegador. Até o Google Wave roda numa boa!

Há outras melhorias, como suporte a Exchange, seleção de textos no e-mail e navegador, integração com Twitter e melhorias nas configurações da câmera.

Usuários do Nexus One, do Google, já podem pôr as mãos no Froyo por sua conta e risco, ou esperarem a liberação oficial da atualização.

Google TV

Se o Google já faz o "estrago" que faz em computadores e dispositivos portáteis, qual o impacto que a entrada da empresa na área da TV causaria? Em breve descobriremos, pois foi anunciada, durante a Google I/O, a Google TV.

O software será baseado nos do Android e Google Chrome, e em resumo, será uma camada entre usuário e a programação da TV, com um pé na Internet. A interface é própria e se encaixa bem no formato. Aparelhos wireless, incluindo smartphones com Android, poderão ser usados para controlar os televisores. Já há parcerias firmadas com Sony, Logitech e Intel.

Não há muitas informações sobre disponibilidade, apenas um formulário para interessados receberem notícias em primeira mão.

Google Font API

Google Font API Não dá para inventar muito no que diz respeito a fontes na criação de páginas para a Web. Como, por padrão, é preciso que cada computador que acesse determinado endereço tenha a fonte instalada para que a mesma seja exibida, web designers geralmente ficam no arroz com feijão: Arial/Helvetica, Verdana, Tahoma, Georgia, etc...

O Google Font API visa mudar isso. O Google criou um diretório de fontes livres, e a API que possibilita "chamar" as fontes de maneira bem simples e fácil. Assim:

<link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Tangerine' rel='stylesheet' type='text/css'>

<style type="text/css">body { font-family: 'Tangerine', serif; }</style>

E a mágina acontece! 🙂

O Google lançou novas ideias e projetos muito interessantes durante a Google I/O. Depois de tropeços como Wave e Buzz, esse evento foi um bem-vindo sopro de inovação de Mountain View para o mundo.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários