Meio Bit » Baú » Miscelâneas » CT Casas Bahia

CT Casas Bahia

17/11/2005 às 3:56

Casas Bahia, com parceira da IBM, inauguram CT (Centro de Tecnologia).

Com o objetivo de garantir alta disponibilidade para o processamento de dados de toda a rede e abrigar de forma adequada as atividades relativas a TI, a Casas Bahia inaugurou seu Centro de Tecnologia em um prédio construído especialmente para este fim. O CT está localizado ao lado da matriz da empresa, em São Caetano do Sul, ABC de São Paulo.

Com investimentos da ordem de R$ 20 milhões, o CT foi projetado seguindo rigorosos critérios de segurança física e lógica, sob a supervisão da IBM, parceira de longa data. As instalações físicas do novo prédio têm classificação de disponibilidade nível 3, de acordo com o IBM Real Estate Engineering Group, ou classificação Tier III pelos critérios do Uptime Institute, que significa garantir operação 24 horas/dia, em sete dias da semana e 365 dias no ano, ou seja, disponibilidade de 99,99%. 😮

Entre as novidades da nova estrutura está uma sala cofre de 140m2 que abriga os equipamentos de informática críticos com dois sistemas de ar condicionado de alta precisão, entre outros equipamentos. O prédio está equipado com dois moto-geradores a diesel de 440 KVA, fabricação Catterpilar, de contingência, dois no-breaks hospitalares (redundantes) de 150 KVA cada, fabricados pela General Electric - para atendimento do CPD e Telecomunicação e sistema de detecção e combate a incêndio.

A empresa também comprou mais um mainframe, o IBM 2084 T-Rex zSeries que funcionará em paralelo com o já existente. Eles compartilharão os mesmos dados e, caso um deles acuse algum problema, o outro garantirá a realização das operações de imediato.

A estrutura do Centro de Tecnologia compreende uma área total construída de 8.060,56 m2, com cinco pavimentos, que abrigarão, além da sala-cofre, escritórios com estações de trabalho planejadas, salas de convivência, de treinamento e de reuniões totalmente equipadas, cyber café e auditório, além de ser totalmente acessível a portadores de necessidades especiais.

A Casas Bahia já havia realizado um upgrade de sete mainframes anos anteriores, porém, esta é a primeira vez que a rede investe em uma nova estrutura para garantir maior segurança aos sistemas de informações. A Casas Bahia operacionaliza cerca de 3 milhões/hora de transações do CICS (Customer Information Control System) em todas as operações da empresa que hoje são totalmente Real Time. A obra levou um ano para ser concluída e foi realizada pela Construtora Reago, empresa do Grupo Camargo Correa.

relacionados


Comentários