Meio Bit » Baú » Fotografia » Fotografando o Universo

Fotografando o Universo

20/05/2010 às 15:29

Algumas semanas atrás, surgiu no Fórum de Fotografia Digital uma pergunta sobre a melhor câmera para astrofotografia. Sei que do pondo de vista da câmera não são necessários grandes investimentos. Conheço pessoas que usam a Canon 20D para esse tipo de fotografia, e não é uma câmera muito nova. Para falar a verdade, me interessei pelo assunto e estou conversando com um astrônomo aqui da cidade para escrever um texto sobre o assunto em um futuro próximo. Mas, enquanto isso podemos falar da outra parte importante para uma boa astrofotografia, a estrutura ótica do telescópio.

Está sendo lançado no Japão o Borg 101 ED II, um telescópio pensado para quem quer fotografar as estrelas. A peça ótica tem 640mm de distância focal e possui um adaptador especial para a câmera DSLR ser acoplada. Cada modelo de câmera possui o seu adaptador específico. Do ponto de vista da construção, a lente é constituída por óticas apocromáticas (também utilizadas em lentes fotográficas) que possuem a característica de minimizar a aberração cromática e a aberração esférica. Para quem pensa que 640mm é muito pouco para um telescópio, ainda existe a possibilidade de usar um tubo extensor que eleva essa potência para 896mm. Mas, não é só isso. Se você utilizar uma DSLR com fator de corte, essa distância focal vai mais elevada ainda. No caso da Canon, com fator de corte de 1,6x, o Borg 101 vai atingir a distância focal de 1.433mm. Já é possível começar a brincar.

Infelizmente, esse brinquedo só está a venda no Japão por enquanto e deve ter um preço inicial de US$ 2.000,00. Lembrando que o tripé não vem junto, o que já demanda um outro investimento em um bom tripé com a estabilidade necessária para esse tipo de fotografia.

borg 101 ED II

Fonte: Foto Actualidad

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários