Meio Bit » Baú » Games » Final Fantasy XIII é ou não um RPG?

Final Fantasy XIII é ou não um RPG?

Para roteirista líder do MMO The Old Republic, Final fantasy XIII não é um RPG.

17/05/2010 às 16:08

dori_ff13_17.05.10

A posição da BioWare em relação aos RPGs produzidos no Japão já é bem conhecida dos gamers, só que dessa vez foi o roteirista líder do MMO The Old Republic, Daniel Erickson, quem resolveu fazer críticas aos role-palying games feitos no arquipélago, mais precisamente ao Final Fantasy XIII.

Ao ser questionado como uma boa história pode ser prejudicada por uma mecânica de jogo deficiente ou pela linearidade, quando o entrevistador citou o último lançamento da Square Enix como exemplo, Erickson deu a seguinte resposta:

Bem, antes de eu ir direto ao ponto, preciso tomar uma rota um pouco controversa: Você pode colocar um ‘J’ na frente, mas ele não é um RPG. Você não faz nenhuma escolha, não cria um personagem, não vive o personagem… Não sei o que ele é - um jogo de aventura talvez? Mas não é um RPG.

Bom, eu aprendi a gostar dos RPGs jogando os primeiros Final Fantasies e Phantasy Stars, gostando muito ainda hoje daqueles voltados à ação, como a série Zelda, mas depois que tive contato com alguns títulos ocidentais como o Fallout 3 e NeverWinter Nights, para mim muito da graça dos JRPGs se perdeu. Não estou querendo dizer que deixei de gostar do estilo, mas acho muito mais legal poder escolher se quero ou não eliminar uma cidade inteira do mapa do que ter que ficar seguindo por um “corredor” até chegar a um NPC em outra cidade para que um evento seja disparado e por isso não sinto muita vontade de jogar o Final Fantasy XIII.

[via Destructoid]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários