Meio Bit » Baú » Internet » Blackbird Pie: tweets em HTML para embarcar em sites

Blackbird Pie: tweets em HTML para embarcar em sites

Twitter lança ferramenta que "embarca" tweets em HTML. Apesar de não ser a coisa mais útil do mundo, essa pode vir a ser a primeira de uma série de ferramentas úteis à mídia.

05/05/2010 às 13:07

Que o Twitter é uma ótima fonte de notícias e informações, todos sabemos. Não é raro depararmo-nos com textos que contenham um tweet, seja ele fonte, ou complemento à informação dada. Quando isso acontece, de duas, uma: temos a transcrição em texto da mensagem, ou a famigerada screenshot, assim:

Exemplo de screenshot de tweet.

Exemplo de screenshot de tweet.

Funciona bem? Sim, funciona. Dá algum trabalho tirar a screenshot, recortá-la e subi-la ao servidor, mas nada que me faça pensar "ó, céus, como isso poderia ser mais fácil". No entanto, parece que alguém, ou muita gente, tem esse pensamento, o que levou o Twitter a lançar uma ferramenta específica para "embarcar" tweets em HTML.

Lançada ontem, a Blackbird Pie se propõe justamente a isso: transformar tweets em HTML, de modo que possam ser inseridos em outras páginas. É mais ou menos como um vídeo do YouTube, mas para... texto. Ignore a utilidade de uma ferramenta assim, e veja o resultado:

Fiquei impressionado com o boot do Ubuntu 10.04.less than a minute ago via Gwibber

O tamanho do código gerado assusta, e a quantidade de passos, oito pelo que contei, para gerar o código, tente a desestimular sua utilização. Para resolver isso, o Publitweet foi criado, por Xavier Damman. Ao invés de uma página, no esquema copiar-colar, trata-se de um simples bookmarklet. Acesse a página do tweet, clique nele, e a o código aparece, prontinho para ser copiado e colado no site-destino. É o mesmo do Blackbird Pie, a única diferença é que ao invés da data relativa (16 minutos atrás), o bookmarklet mostra a data absoluta.

E para quem prefere alternativas, o QuoteURL, criado por um brasileiro (Fabricio Zuardi) antes, bem antes do Blackbird Pie, traz uma proposta também interessante. Com ele, dá para embarcar vários tweets num só código, preservando, assim, conversações. Veja o exemplo:

  1. ghedin Fiquei impressionado com o boot do Ubuntu 10.04.
  2. worldofbit @ghedin Instalou em um netbook ou notebook?
  3. ghedin @worldofbit: Notebook, um Dell Vostro 1000.
  4. worldofbit @ghedin Vou instalar no meu netbook que hoje está rodando bem um Win7

-- this quote was brought to you by quoteurl

Não preciso dizer que o código fica gigante, né?

Voltando ao Blackbird Pie, ele parece ser a primeira de uma série de ferramentas que ajudam a mídia a utilizar o Twitter no seu trabalho. Não faz muito tempo que o domínio media.twitter.com foi inaugurado, e essa é a primeira "aplicação" hospedada lá. Ainda que de utilidade duvidosa (já adianto que não a usaremos aqui no Meio Bit 😛 ), é um ponta-pé inicial. E que venham mais!

Fontes: Mashable, TechCrunch, Tiago Dória.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários