Meio Bit » Baú » Indústria » Google compra briga com Amazon e Apple, e anuncia Editions

Google compra briga com Amazon e Apple, e anuncia Editions

Google anuncia Editions, sua loja de livros mais democrática que as de Apple e Amazon.

05/05/2010 às 9:41

Google Editions. Diversificar parece ser a palavra de ordem do Google nos últimos anos. De unicamente buscador, a empresa passou a oferecer uma avalanche de produtos distintos, inclusive com alguns ultrapassando a barreira da Internet, como é o caso do Nexus One.

Agora o Google resolveu atacar em mais uma frente: venda de e-books. De cara, o Google Editions, nome do novo serviço, compra briga com Amazon e Apple, criadoras do Kindle e iPad, respectivamente, bem como de suas lojas, Kindle Store e iBook Store.

O modelo do Google diferencia-se do das suas concorrentes por ser mais aberto e democrático. Os livros comprados lá poderão ser acessados a partir de vários dispositivos, inclusive os próprios Kindle e iPad. Além disso, lojas de terceiros baseadas na do Google poderão ser criadas, e esses "curadores" receberão uma fatia dos lucros. Mais ou menos como um AdSense for books, ou Programa de Afiliados do Submarino on steroids.

O acervo será composto, inicialmente, do conteúdo que o Google já disponibiliza parcialmente no Google Books, o controverso e ímã de processos judiciais indexador de livros que a empresa mantém desde 2004. São entre 400 e 600 mil livros, logo de cara. O Google Editions pode, inclusive, representar uma virada do Google Books: de vilão de editoras e autores, ele pode vir a ser uma das melhores e mais baratas vitrines para suas obras. Imagine um usuário pesquisando um livro específico, e ao encontrá-lo, ver ao lado dos trechos licenciados para consulta online um botãozinho para comprar o título inteiro?

O anúncio do Google Editions foi feito por Chris Palma, gerente para o desenvolvimento de parcerias estratégicas do Google, em entrevista ao The Wall Street Journal. O plano é lançá-lo entre junho e julho.

relacionados


Comentários