Meio Bit » Baú » Hardware » Upgrade em notebook: primeiros passos

Upgrade em notebook: primeiros passos

Quer trocar o HD do notebook mas a chave Philips parece ameaçadora?

27/04/2010 às 11:41

Tutorial nível “Iniciante” (ou seja, não perca seu tempo reclamando nos comentários que este artigo não é para você).

Há alguns (poucos) anos, quando os notebooks eram caríssimos e o pessoal tinha que se virar mesmo com computadores “de mesa” (em versões “torre” ou “desktop”), havia uma classe de usuários que apesar de não “entender de informática”, arriscava-se a abrir seus gabinetes para trocar um HD, por exemplo.

Esse tipo curioso de mamífero foi desaparecendo da face da Terra à medida que os equipamentos foram ficando mais e mais baratos. Hoje, por exemplo, é muito mais comum vermos estudantes e profissionais liberais que trocam o micro inteiro, em vez de fazer "upgrade" dos componentes.

Esse "fenômeno" é mais visível entre usuários de equipamentos portáteis, talvez devido ao maior "valor aparente" dos laptops. Para mostrar que trocar um HD é fácil em qualquer tipo de micro, aí vai um tutorial simples (obviamente, o Meio Bit não se responsabiliza por eventuais danos ao seu equipamento. Não é nossa culpa você tentar manusear equipamentos eletrônicos em um dia seco, numa sala acarpetada…).

Aproveitando a “autópsia” de um Toshiba, vamos trocar seu HD por um maior e mais rápido. Primeiramente, claro, desligue o equipamento, desconecte a fonte, descarregue a estática e identifique os parafusos que prendem a tampa do HD (em alguns micros, há várias tampinhas, uma para cada componente: memória, HD, expansão…). Ah sim! Tenha em mãos uma boa chave Philips, com o tamanho adequado aos parafusos do seu micro. Não vamos querer estragá-los, certo?

IMG_0109

IMG_0130

A tampa tem uma certa resistência. É normal, fique tranquilo. Dentro, teremos o HD e um suporte feito de alumínio muito frágil. Tome cuidado ao desparafusá-lo.

IMG_0113 Para evitar esforços mecânicos no suporte de alumínio, o HD deve ter uma aba plástica, por onde se pode puxá-lo, de tal forma que ele se solte do conector SATA (padrão para todos os portáteis atuais e, ao contrário do que muita gente imagina, pode-se conectar HDs de 2½ polegadas em computadores “desktop” sem nenhum tipo de modificaçào nos cabos).

IMG_0117 IMG_0118

IMG_0124 IMG_0120

Agora, ficou fácil. Vamos desparafusar o HD do suporte e substituí-lo pelo novo.

IMG_0125 Alguns suportes têm uma fita adesiva metálica, para melhorar a distribuição do terra, entre o suporte e o HD (repare nesta última foto, canto superior esquerdo). Ela é frágil, tome cuidado ao retirar e recolocar.

Para finalizar, recoloque o suporte no lugar (vá devagar, seja gentil com o equipamento) e aperte os parafusos. Pronto! Não doeu nada e, praticamente, é como trocar um HD de um micro “grande”, não?!

IMG_0128

O mesmo procedimento pode ser usado para os pentes de memória. Boa sorte!

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários

Comentários Fechados