Meio Bit » Arquivos » Hardware » Tudo fica melhor com Bluetooth, inclusive robôs assassinos

Tudo fica melhor com Bluetooth, inclusive robôs assassinos

27/04/2010 às 9:10

robodomal
Quando você absolutamente positivamente precisa destruir tudo a sua volta, não aceite substitutos. Escolha o Husqvarna DXR 250. Com braço alcançando 4,8 metros, esteiras, 100m de alcance no controle remoto Bluetooth Classe 1 e 78cm de largura seus inimigos não conseguirão escapar desse bichinho nascido do Inferno das Máquinas.

O DXR 250 permite acoplar diversas ferramentas na ponta do braço, assim você pode exterminar seus inimigos das formas mas variadas, nunca ficando entediado. Diga adeus a reclamações como “de novo desmembramento?” vindas de seus asseclas. Surpreenda a todos, inclusive as vítimas, com uma morte horrível nova e criativa a cada dia. (obviamente vítimas diferentes)

robodomal2 Surpresa aliás é o nome do DXR 250, seu motor elétrico de 22kW o tornam bem mais silencioso que os equivalentes movidos a gasolina. Pense nas vantagens, ainda mais acoplado a uma serra igualmente elétrica. Seria uma beleza em um berçário. (hey, é uma velha tradição, reclame com Jeová, ele que deu a idéia)

Com quase 2 toneladas de peso, mesmo com o braço danificado o DXR 250 ainda é funcional, podendo esmagar seus inimigos sob suas esteiras, na mais nobre tradição da Skynet.

Equipado com poderosos faróis de LEDs, o DXR 250 nega a suas vítimas sequer o último desesperado ato de se esconderem na escuridão de onde nunca deveriam ter saído. Ele ilumina cada canto enquanto prossegue em sua missão de matar, esmagar, destruir.

Como teoricamente depende de um operador humano o DXR 250 não está restrito pelas famigeradas 3 Leis da Robótica, podendo ser usado em diversas atividades, sem restrições, como Vingança Individual, Conquista Global, Assassinatos Políticos, Surtos Psicótico-Assassinos e eliminação sistemática de criminosos em Miami.

Para enganar autoridades, o DXR 250 é vendido como “máquina de demolição”, então sugiro que você mantenha a fachada, ao menos enquanto não treina seu exército de chimpanzés geneticamente modificados para operar o equipamento.

Fonte: Gizmag

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários