Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Android is for Pr0n!

Android is for Pr0n!

20/04/2010 às 15:29

Quem disse isso foi ninguém menos que Steve Jobs, em um email enviado a um usuário, que questionava as últimas decisões da Apple em banir aplicações da App Store do iPhone:

"Acreditamos ter uma obrigação moral de manter o Pr0n longe do iPhone. Se o sujeito quer Pr0n ele que compre um telefone Android"

Já existe uma App Store só para aplicações pornô, exclusiva para Android. Originalmente era para iPhone mas foi devidamente limada.

A postura da Apple é clara: Não querem sacanagem no iPhone. Isso é censura, moralismo, hipocrisia, marketing, o quê?

Depende.

Se você entender a Apple como fabricante de hardware é um absurdo ditarem o que podemos ou não rodar no equipamento que usamos. No meu MacBook eu rodo o que quiser, até o PedoFinder 0.2 Alfa, da VaticanSoftware (não rodem, muito bugado ainda) e a Apple não em nada com isso.

Como então a mesma empresa que está pouco se lixando pro que rodo no meu computador quer tanto controlar o que rodo no celular?

Digamos assim: Você, indignado e xingando a Apple por proibir Pr0n no iPhone, gostaria de ver a paródia pornô de Big Bang Theory passando domingo de tarde na Globo? A Apple sabe que os controles de idade das aplicações online são uma piada. Qualquer site que tenha aqueles verificadores de idade os tem por força de alguma Lei idiota de gente que não conhece o Mundo.

Aplicações XXX na AppStore seriam SIM baixadas por crianças, e a culpa (assim como no caso de adolescentes ficando surdos com música alta e submarinos se chocando com navios) será da Apple.

A Apple deixou de ser fabricante, passou a gerenciar um ecossistema. Como tal, as responsabilidades mudam. O UOL não filtra pacote a pacote de seus usuários de banda larga atrás de material legal, isso seria inviável e violação de privacidade, já nas salas de bate-papo denúncias de pedofilia são levadas MUITO a sério. Dois perfis, duas atitudes.

Dado o moralismo vigente eu não duvido que a atitude da Apple de proibir Pr0n na AppStore seja vista como positiva por muita gente, inclusive consumidores do supracitado material. Portanto, por mais antipática que pareça a decisão de Steve Jobs, acho que faz sentido.

De resto, você sempre pode comprar um Android, mas na falta de uma Sharon, também dá para baixar seu próprio material educativo e enviar para o iPhone. Não sendo via App Store, vale tudo menos beijo na boca!

Fonte: TechCrunch

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários