Meio Bit » Baú » Mobile » Google propõe padrão universal de impressão na nuvem

Google propõe padrão universal de impressão na nuvem

Google propõe novo padrão de impressão baseado na nuvem e que dispensa drivers para Chrome OS.

16/04/2010 às 8:28

O Chrome OS, sistema operaecional baseado na nuvem do Google, está previsto para sair no final do ano. Até lá, a gigante das buscas, que agora se aventura no mercado dos sistemas operacionais, terá que responder a muitas dúvidas e questionamentos concernentes ao seu novo produto. Uma dessas dúvidas foi resp0ndida recentemente: como funcionará o suporte a impressoras no Chrome OS?

Para suprir essa lacuna, o Google anunciou o Google Cloud Print, um novo projeto que visa "criar uma experiência de impressão que permita a qualquer aplicativo (Web, desktop ou móvel), em qualquer dispositivo, imprimir em qualquer impressora, em qualquer lugar do mundo". Parece ambicioso, e é! E como tal, demandará esforços que vão além dos limites do Google.

Funcionamento do Google Cloud Print.

Funcionamento do Google Cloud Print.

Já existe uma documentação inicial do projeto. Basicamente, a impressão acontecerá via APIs, e haverá uma interface Web básica para ajustes pré-impressão. O grande problema, todavia, é como fazer impressoras funcionarem de fato com o Google Cloud. Para esse, há duas soluções:

  • Fazer com que a indústria adote o novo padrão, e passe a fabricar impressoras que sejam compatíveis com ele. Em outras palavras, integrar um software às impressoras, de modo que elas saibam como "conversar" com os servidores do Google;
  • Instalação de um software nos PCs em que as impressoras estiverem conectadas, uma espécie de software que faça a ponte entre impressora e Cloud Print. Atualmente, há uma versão em desenvolvimento para Windows, e planos para futuras versões para Linux e Mac OS X. Essa segunda solução será adotada por basicamente todas impressoras lançadas até hoje.

O mais legal é que o padrão proposto pelo Google é aberto, o que significa que, embora a empresa de Mountain View tenha planos de oferecer sua própria solução (Google Cloud Print), outras soluções similares poderão ser lançadas para fazer a mesma coisa. E não só para computadores: virtualmente, qualquer dispositivo com conexão à Internet poderá se beneficiar da nova tecnologia - até o iPad, dispensando esta gambiarra de última geração para imprimir.

Fonte: TechCrunch.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários