Meio Bit » Baú » Internet » Biblioteca digital alemã

Biblioteca digital alemã

25/10/2005 às 21:02

Editoras alemãs vão construir rede própria de livros on-line.
As editoras alemãs, ansiosas por defender seus direitos autorais num momento em que serviços de busca na internet tentam colocar on-line o conteúdo de milhões de livros, querem estabelecer um banco de dados próprio na web, permitindo que os leitores pesquisem, tomem emprestado ou comprem obras.

O Google irritou as editoras com propostas de digitalizar obras protegidas por direitos autorais sem permissão de seus detentores, com o objetivo de permitir que o conteúdo delas seja acessível por buscas on-line. Os críticos temem que o banco de dados digital de livros que a empresa pretende construir dê a ela um monopólio sobre a cultura.

Não é à toa que a associação alemã de editoras está planejando criar uma rede, a partir de 2006, que permitirá busca on-line nos textos dos livros por meio dos serviços de busca na web, mas não entregará a esses serviços o texto dos livros incluídos no arquivo.

O Google tem em vigor acordos com editoras sob os quais digitaliza os livros delas para permitir que os leitores realizem buscas on-line pela íntegra de textos. Mas os resultados das buscas exibem apenas porções limitadas dos livros.

Biblioteca digital ? Em prazo mais longo, a associação alemã deseja criar um mecanismo próprio de buscas para oferecer serviços que concorram com os do Google, Yahoo e Lycos, e até mesmo permitam aos leitores tomar livros emprestados, on-line.

Sob o modelo alemão, as editoras digitalizariam os livros e armazenariam o conteúdo em seus servidores. A associação de editoras criaria uma rede que permitiria ao Google ou outros serviços de busca realizar buscas nesses servidores, mas sem lhes permitir acesso à íntegra dos textos.

A associação está discutindo a idéia com diversos serviços de busca e que está confiante em obter um acordo com o Google.

relacionados


Comentários