Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Video Conferência no iPhone?

Video Conferência no iPhone?

11/04/2010 às 12:11

De todas as facilidades de meus dispositivos mobile, fora o Guia de Motéis da Hands a mais subutilizada é a câmera frontal para videochamadas. Eu NUNCA conheci ninguém que tenha feito uma videochamada, todas as vezes que tentei, descobri que era preciso um plano especial de dados. O ÚNICO lugar onde isso faz razoável sucesso, dizem, é no Japão, e deve envolver tentáculos.

O Skype, ao menos no Symbian não tem suporte a videochamada, o iPhone não tem nem a câmera frontal pra isso e posso dizer que a única função da mesma no N97 é mostrar a sua fuça, lembrando que a tampa da câmera de verdade está fechada.

No PC videochamadas fazem sucesso, mas se resume a dois públicos: O que quer ver e falar com parentes distantes, e usam Skype, e o pessoal da sacanagem, com a famigerada perguntam "tem cam?"usada nos MSNs da vida. O "Tem cam?" aliás já foi ultrapassado, agora com o Chat Roulette, já se vai na certa, lá todo mundo "tem cam".

Infelizmente as chances de encontrar a Megan Fox no Chat Roulette são... pequenas.

A Apple não joga pra perder (não quer dizer que não perca) e não perderia tempo se não tivesse uma excelente argumentação. Por isso o descaso diante dos boatos de que o próximo iPhone viria com uma câmera frontal.

Boatos esses que voltaram a ser considerados, agora que acharam no iPhone OS 4 partes do iChat e até mesmo provas de que a Apple está experimentando videochat em seus servidores.

Criar produtos que as pessoas não sabiam que desejavam é a especialidade da Apple, mas no caso, tenho minhas dúvidas do sucesso. Que Steve Jobs tem poderes, todos sabem, Forte ele é com a Força, mas
não tanto assim.

Por outro lado, os fabricantes sempre negligenciaram videochamadas, os desenvolvedores idem. A responsabilidade sobre o produto ficou a cargo das operadoras, notórios redutos conservadores, comandadas por gente que ainda acha que telefone serve pra fazer chamadas e pronto.

Eu acho que a videochamada perturba. Não dá pra atender na rua, a menos que você seja otorrino ligando pra um paciente, ou ginecologista (mas ai a logística é mais complicada). Não dá pra atender de roupa de baixo, e mulheres não vão gostar de atender 6AM, descabeladas. Não dá para colocar no viva-voz e continuar trabalhando, nem para dizer que está no engarrafamento quando na verdade está no bar.

Para os que gostam de denunciar que a Apple também erra (o que é uma postura tão idiota quanto os que acham que ela nunca erra) está aí uma boa chance: Acompanhem os próximos capítulos, vamos descobrir se a Apple consegue o que nenhum outro fabricante logrou fazer: Popularizar no Ocidente o recurso de videochamadas/videochat.

Eu duvido.

relacionados


Comentários