Meio Bit » Baú » Internet » Twitter na luta contra o spam

Twitter na luta contra o spam

26/03/2010 às 15:26

O Twitter, por meio do blog oficial do serviço, anunciou dados bastante positivos sobre a luta que a equipe responsável pelo site trava contra o spam. Dentro do microblog, vários comportamentos são classificados como spam, desde o envio maciço de mensagens idênticas ou semelhantes, publicação de links maliciosos, e seguir e abandonar contas seguidamente para chamar a atenção.

No post, assindo por Abdur Chowdhury, cientista chefe do Twitter, o gráfico estampado chama a atenção. De picos de até 11% de spam em relação ao total de mensagens enviadas ao serviço, em agosto do ano passado, hoje a quantidade de mensagens indesejadas está na casa do 1%.

spam-graph

Boa parte desse sucesso se deve às ações dos próprios usuários, que podem denunciar perfis spammers de maneira fácil e descomplicada. Basta acessar o perfil do spammer, clicar no botão da engrenagem, ao lado do das listas, e no menu de contexto, na opção Report [fulano] for spam.

Como nem tudo são flores, e como que numa resposta de Murphy ao comunicado do Twitter, hoje o serviço sofreu um considerável ataque spammer. Milhares de URLs referentes a um tal de TWEETICLUB foram publicadas, e rapidamente o termo foi parar nos trending topics mundiais. Os links levam para páginas de phishing scam, cujo objetivo é apropriar-se do dinheiro dos usuários mais desatentos.

Como acontece com o e-mail, a luta contra o spam no Twitter é uma eterna briga de gato e rato, mesmo sendo esse um ambiente “fechado”.

Fonte: ReadWriteWeb BR, Mashable.

relacionados


Comentários