Meio Bit » Baú » Games » Seriam os jogos sociais o futuro da indústria?

Seriam os jogos sociais o futuro da indústria?

10/03/2010 às 17:13

Todos que acompanham a indústria de games deve ter percebido a força que os jogos sociais tem ganhado nos últimos anos e como várias produtoras estão levando alguns de seus jogos para o Facebook, serviço que está sendo tratado como uma nova plataforma para os jogos eletrônicos e a até a Game Developers Conference cedeu um espaço para o assunto.

Durante uma palestra cujo título seria algo parecido com “Como os amigos mudam tudo”, Gareth Davis do Facebook tentou mostrar como o site de relacionamento pode e está mudando a forma como conhecemos os games. Para ele, no futuro “nós não os chamaremos mais de jogos sociais, os chamaremos apenas de jogos.”

Com cerca de 400 milhões de usuários e com metade deles jogando dentro do site, ele citou como a adição de amigos no Xbox 360 é um processo manual e para piorar, com os usuários usando apelidos em vez de nomes reais. Para Davis, a identidade real das pessoas é um dos maiores trunfos do Facebook, permitindo que os usuários possam jogar facilmente contra seus amigos e não apenas contra uma pessoa escondida atrás de um apelido qualquer.

Ouro ponto que diferencia o site é a possibilidade dos jogos aproveitarem informações da pessoa, como idade, nome, sexo, interesses e até mesmo fotos. Isso pode aumentar muito a imersão e como exemplo ele citou o site promocional da série FlashForward, o que certamente ficaria muito legal num jogo.

Por fim, Gareth Davis comparou os jogos atuais do serviço ao início do cinema, quando os diretores ainda faziam experiências e afirmou que todas as plataformas possuem jogos que a definem, mas que o Facebook ainda não encontrou o seu Mario Bros., o que acontecerá a qualquer momento.

dori_fac_10.03.10

[via CasualGaming.biz]

relacionados


Comentários