Meio Bit » Baú » Internet » ShareThis Stream (ou seria Facebook remix?)

ShareThis Stream (ou seria Facebook remix?)

02/03/2010 às 21:10

O compartilhamento de conteúdo na web mudou de uns anos para cá. Se antes utilizávamos botões em posts para comunicar alguém em particular sobre aquela página, principalmente por e-mail, hoje o destino mais comum das nossas descobertas são as redes sociais.

Desde antes dessa evolução, o ShareThis simplifica o processo para todos. Web designers centralizam várias redes num só botão característico, e leitores se deparam com uma infinidade de destinos para suas recomendações. O botãozinho verde, embora hoje enfrente forte concorrência, em especial do AddThis, ainda permanece popular, e agora ganhou bons diferenciais nessa guerra.

Ontem foi lançado o ShareThis Stream, uma espécie de centralizador de conteúdo compartilhado. Através do Facebook Connect, e em breve, do Twitter também, os usuários terão acesso aos links e informações compartilhados pelos seus contatos nessas duas redes, além dos temas mais populares do momento. O novo site ainda permite guardar suas recomendações para consultas futuras, e promete ser uma espécie de filtro de informações, eliminando ruído com conteúdo gerado por seus amigos.

Sharing Stream, Real-time Sharing, Trending Shares - ShareThis Stream - Google Chrome

No papel a ideia é boa, mas brincando com o ShareThis Stream, confesso não ter notado diferenças significativas para o live streaming do Facebook. Tem mais conteúdo, e apenas links, e até puxa os comentários da rede social, mas… é só. Além disso, tem os tweets penetras de gente que eu nem conheço, falando de temas que não me interessam, mas que o sistema classifica como relevantes.

O lançamento do ShareThis Stream foi acompanhado de novos botões de compartilhamento e um widget para blogs e sites, além da sempre presente API. Para o futuro, é prometida integração com mais redes, como Twitter (que, hoje, só traz links populares, nada de links dos amigos), LinkedIn, Yahoo!, MySpace e MSN. É interessante notar que o próprio ShareThis aponta quem são os melhores na hora de “filtrar” conteúdo, Facebook e Twitter, e tenta aproveitar esse material em benefício próprio, com diferenciais que podem não agradar a todos.

Fonte: TechCrunch.

relacionados


Comentários