Meio Bit » Baú » Games » Conteúdo diferenciado é o futuro

Conteúdo diferenciado é o futuro

22/02/2010 às 11:35

Você já reparou como os jogos exclusivos das produtoras third-party estão ficando cada vez mais raros? Com o valor gasto no desenvolvimento dos jogos aumento lançamento após lançamento, fica difícil para uma empresa se prender a apenas uma plataforma por ser financeiramente inviável.

Ao comentar sobre o assunto, Rob Dyer, executivo da Sony, deu a seguinte declaração:

Os exclusivos simplesmente não são mais tão comuns que eram durante a época do PS2. A força motriz será ou as campanhas publicitárias exclusivas, como a do Madden, ou o conteúdo exclusivo como o que tivemos no Batman.

A versão para o o PS3 vendeu mais que a do 360 e o que dizemos às desenvolvedoras foi ‘se você tirar vantagem do que o PS3 pode entregar – mais conteúdo no disco Blu-ray, melhores gráficos, disponibilizar no disco mais daquilo que o jogador – você verá as vendas sendo traduzidas.’ A EA e a Eidos podem te dizer que, ao focarem no PS3, suas virtudes e o que elas fornecem, suas vendas se tornaram maiores e a relação custo/benefício.

Dyer citou ainda a edição de colecionador do Dante's Inferno, exclusivo do Playstation 3, segundo ele graças ao espaço extra do BD e como os consumidores estão percebendo as vantagens do console da Sony em relação ao Xbox 360.

É óbvio que no comentário o sujeito tentou defender seu peixe, mas me parece fazer sentido essa ideia de que o conteúdo exclusivo pode ser um fator determinante na hora de escolher um jogo, até mesmo um console. No caso do Arkham Asylum mesmo é possível, além de jogar como o Coringa, ainda assistir a vários making-ofs, que inclusive podem ser acessados através da dashboard do console. Não chega a ser nada muito significativo, mas não deixa de ser um belo diferencial em relação a versão do 360.

dori_bat_22.02.10

[via Destructoid]

relacionados


Comentários