Meio Bit » Baú » Robótica e IA » Facebook usa Inteligência Artificial e consegue abrir o seu olho

Facebook usa Inteligência Artificial e consegue abrir o seu olho

Sair de olhos fechados em fotos nunca mais! Um pessoal do Facebook Research desenvolveu um método via Inteligência Artificial que consegue abrir seus olhos em qualquer foto!

19/06/2018 às 16:36

Hoje em dia qualquer câmera vagabunda ou celular tem opção para livrar a barra daquele seu amigo que adora cigarrinho de artista e só sai em foto de olho vermelho, mas os algoritmos são simplórios, deixam todo mundo de olho preto e pronto.

Problema maior é o sujeito que cisma de piscar e sai de olho fechado. Com máquinas digitais ainda dá pra ver na hora. Antigamente, só semanas depois quando você terminasse de gastar o filme de 36 poses, esperasse o salário cair e fosse gastar uma fortuna revelando as fotos, das quais umas 5 se salvariam.

Resolver isso via software é bem mais complicado, mas felizmente temos a bala mágica da Inteligência Artificial, e isso resultou num paper de Brian Dolhansky e Cristian Canton Ferrer, da Facebook Research. O título? Eye In-Painting with Exemplar Generative Adversarial Networks.

O resultado? Nada mau, nada mau mesmo pra uma prova de conceito em um paper científico.

O truque é treinar o sistema com imagens da pessoa na foto com olhos abertos, ele aprende a identificar os rostos e as posições onde os olhos deveriam estar. A complexidade é que ele faz isso tridimensionalmente. Aí é só normalizar os tons de pele e aplicar um olho gerado pelo algoritmo. O processo é bem simples, entenda:

O mais legal é que o sistema detecta e adéqua os novos olhos à expressão do rosto, veja mais alguns resultados:

Ainda não chegamos na época de acabar com a piada da velhinha que chega pedindo pro rapazinho da loja editar a foto do marido de costas fazendo ele ficar de frente, mas do jeito que toda hora sai uma macumbaria tecnológica que qualquer pessoa razoável consideraria impossível, não duvido nada.

Fonte: Facebook Research

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários