Meio Bit » Baú » Engenharia » Finja preocupação: carros elétricos começam a afetar indústria petrolífera na Noruega

Finja preocupação: carros elétricos começam a afetar indústria petrolífera na Noruega

Notícia ruim também pra Petrobras dos gringos. Pela primeira vez desde que a Noruega começou a investir em carros elétricos, o consumo de diesel e gasolina caiu. Eles já chegaram no ponto em que 50% dos carros novos são elétricos. Nada mau, nada mau mesmo.

01/06/2018 às 15:58

imagem meramente apelativa.

A Noruega, como boa parte da Europa não recebeu o memorando avisando que as montadoras e a indústria petrolífera sabotam carros elétricos e chegam a matar qualquer um que queira investir nessa área. Como resultado um monte de modelos faz sucesso por lá, dos Teslas aos belos BMWs i8 até aquela abominação aos olhos do Senhor que é o G-Wiz.

Curiosamente um grande problema para a adoção de carros elétricos na Europa é que os carros normais são bons e as pessoas não trocam de carro todo ano, então alguns números ainda são tímidos. Na Noruega, nosso foco no momento carros elétricos são pouco menos de 10% da frota, mas não desanime.

Se formos ver a proporção de carros novos comprados pelos consumidores, ano passado mais de 50% foram carros elétricos. Ou seja: o pessoal na hora da renovação está considerando o carro alternativo.

Como se consegue isso? Educação, informação, incentivos fiscais e uma excelente infraestrutura de apoio.

Agora os resultados estão começando a aparecer. pela primeira vez foi registrada uma queda nas vendas de gasolina e diesel, 2,9% e 2,7% respectivamente. Não é muito mas a frota elétrica não é exatamente enorme também. O que significa que ela está sendo muito usada. Péssimo para a indústria petrolífera, certo? Talvez um incômodo. Sendo bem realista toda essa preocupação ambiental da Noruega soa meio hipócrita. O motivo? Adivinhe o principal produto de exportação do país. Dica: não é bacalhau.

Toda a parte marronzinha é petróleo, derivados, carvão e similares (fonte). Ou seja: eles estão investindo em carros elétricos mas não abrem mão de perfurar seus poços e alimentar os motores poluentes de outros países. É hipócrita? Sim. Estão errados? Nem um pouco, eu faria o mesmo.

Fonte: electrek.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários