Meio Bit » Baú » Internet » The New York Times com conteúdo pago em 2011

The New York Times com conteúdo pago em 2011

21/01/2010 às 11:57

O The New York Times anunciou, em caráter oficial, que a partir de 2011 cobrará pelo acesso ao conteúdo da sua versão online. No sistema que será implantado, as pessoas poderão ler um determinado número de artigos gratuitamente por mês. Ao ultrapassar esse limite, terá que pagar para ter acesso ilimitado ao conteúdo do site. Quem é assinante da versão impressa, ainda que apenas da edição de domingo, terá acesso livre, não precisará pagar duas vezes para o jornal.

Na nota oficial, o jornal alega que o sistema tenta preservar a visitação dos leitores casuais, que caem no site através de uma pesquisa ou de um link de outro blog, ao mesmo tempo em que tenta lucrar um pouco com os leitores fieis, que fazem da versão online do jornal sua leitura diária.

the-new-york-times

Embora detalhes como preço e limite de page views mensais da versão gratuita ainda não tenham sido definidos, a medida já colocou a todos em alerta. O jornal abriu um espaço para ouvir a opinião dos leitores, e, como era de se esperar, a maioria esmagadora mostrou-se contrária à cobrança.

A expectativa é de que, num primeiro momento, leitores mais assíduos e profissionais que dependem das informações contidas no site, como jornalistas e analistas, façam a assinatura. Se eles serão os primeiros de muitos que virão depois, ou se esse público será suficiente para arcar com as despesas e gerar lucro, é uma incógnita difícil de prever.

O que surpreende, mesmo, é que o The New York Times foi um dos primeiros jornais a, nas palavras de Tiago Dória, “derrubar o paredão do conteúdo pago”, abrindo totalmente seu conteúdo em setembro de 2007 na esperança de que mais tráfego atraísse mais anunciantes e, consequentemente, mais renda fosse gerada. Parece que não deu certo, e agora outra estratégia será usada. Se dará certo ou não, só saberemos em 2011.

relacionados


Comentários