Meio Bit » Baú » Games » US$ 10 por um jogo é caro?

US$ 10 por um jogo é caro?

19/01/2010 às 10:39

A Q-Games ficou conhecida entre os donos de um PS3 pela marca PixelJunk, uma série que traz jogos de mecânica simples, assim como seus gráficos. Caso não os conheça, imagine um game dos consoles 8-bits adaptado para a atual geração.

Há poucos meses Dylan Cuthbert deu uma declaração onde mostrava seu descontentamento com o alto índice de pirataria no PSP e agora o presidente da companhia resolveu virar suas armas para os jogadores, digamos, mãos de vaca.

Os gamers queixam-se dos nossos jogos serem muito caros a 10 dólares. Não estou certo se isso é um problema da indústria, mas parece ridículo que as pessoas reclamem desta faixa de preço.

Acho que a opinião dele faz sentido. US$ 10 por um jogo me parece um bom valor a ser pago e mesmo assim muitos ainda preferem piratear. Contudo, acho também que as empresas algumas vezes parecem não entender o que o consumidor deseja. Um exemplo é o PixelJunk Shooter da própria Q-Games.

Eu comprei o jogo no escuro, arriscando e não me arrependo, é muito divertido e valeu cada centavo gasto, mas será que a produtora não poderia disponibilizar um demo para termos certeza do que estamos adquirindo?

dori_pix_19.01.10

[via Joystiq]

relacionados


Comentários