Meio Bit » Arquivos » Internet » Twitter comprará briga com o Facebook Connect

Twitter comprará briga com o Facebook Connect

15/01/2010 às 20:28

Desde que foi lançado, no final de 2008, o Facebook Connect obteve enorme sucesso. Hoje, o Facebook diz que mais de 80 mil sites utilizam seu mecanismo de login/sessões no mundo inteiro, e que 60 milhões dos usuários da rede social já fizeram login em sites alheios utilizando-o.

Se na época em que foi lançado, o Facebook Connect via dois concorrentes de peso, Google Friend Connect e MySpace, hoje o cenário é bastante diferente. O OpenID veio comendo pelas beiradas e ganhou mais força nesse espaço de tempo, graças à sua flexibilidade e compatibilidade com inúmeros serviços já consolidados (incluindo o próprio Google), e daqueles três combatentes de outrora, o Facebook Connect é, de longe, o que teve melhor desempenho.

De olho nessa fatia do mercado, inúmeras fontes, segundo o TechCrunch, indicam que um novo competidor de peso está prestes a entrar na arena: o Twitter. E não na surdina, timidamente. Essas mesmas fontes dizem que, nos bastidores, o pessoal do passarinho azul (sem malícia, por favor) está fechando parcerias com vários nomes de peso, para entrar de sola na briga. E isso deve acontecer logo.

Sign-in-with-Twitter-lighter

A bem da verdade, o Twitter já permite esse nível de integração, através da sua API, inclusive com imagens características, utilizando o padrão aberto OAuth – o Facebook Connect, por outro lado, utiliza tecnologia proprietária. É possível autenticar usuários, extrair dados e publicar conteúdo no Twitter sem que, para isso, o usuário precise fornecer suas credenciais. Esse “relançamento”, segundo consta, tornaria a coisa toda mais acessível, fácil de implementar através de widgets e ferramentas mais mastigadas. Enfim, seria mais Facebook Connect-like.

Como já defendi por aqui, me agrada bastante essa concentração de múltiplas contas em sites menores numa só, ou em algumas poucas principais. Já temos o OpenID, que traz consigo Google Account, Yahoo! e tantos outros, o Facebook Connect, e agora, de maneira mais ampla, o Twitter.

relacionados


Comentários