Meio Bit » Arquivos » Mobile » Blog NokiaBR - Parece que foi o estagiário

Blog NokiaBR - Parece que foi o estagiário

12/01/2010 às 14:13

A Nokia emitiu um comunicado iniciando os esclarecimentos do que aconteceu com o blog NokiaBR, que de um dos blogs mais prestigiados pela empresa da noite para o dia virou alvo de uma ameaça judicial no melhor estilo Shark (quando a série era boa).

A íntegra do comunicado
:

Reconhecemos e respeitamos o valor e legitimidade do trabalho de José Antônio Oliveira no blog NokiaBR. Como é de conhecimento público, a marca e o nome Nokia representam importantes patrimônios para a empresa e temos a responsabilidade de garantir que sejam devidamente utilizados. Como parte deste esforço, há um time globalmente responsável pela revisão de centenas de websites por mês, em todo o mundo, para garantir que a integridade da marca Nokia seja mantida.

No decorrer de um processo de monitoramento rotineiro, o blog NokiaBR foi identificado e, inadvertidamente, uma notificação extrajudicial foi emitida sem revisão interna apropriada do caso. Compreendemos que algumas modificações no blog são pertinentes no sentido de evitar eventuais confusões para o consumidor – no entanto, o blogueiro José Antonio de OliveiraNokia para discutir o tema, e não ter recebido uma notificação legal. deveria ter sido procurado pessoalmente por um representante da Nokia para discutir o tema, e não ter recebido uma notificação legal.

Lamentamos profundamente os transtornos causados a José Antônio Oliveira e seus leitores. Estamos em contato com o blogueiro e trabalhando arduamente em busca de uma solução amigável para o caso, conciliatória para as partes, de modo a permitir que ele continue fornecendo informações úteis aos seus seguidores por meio de seu blog o mais rápido possível. Manteremos todos atualizados.

O que ficou claro é que o departamento jurídico E os responsáveis pelo "monitoramento e revisão" dos websites foram totalmente incompetentes. O processo ou é automatizado ou feito para parecer assim, pois CINCO minutos pesquisando o NokiaBR seria suficiente para ver que a empresa tinha profundos laços com o blog. Um MÍNIMO de bom-senso e sensibilidade seria suficiente para perceber que um blog assim não poderia ser tratado da mesma forma que um kibador ou um piratinha que distribui jogos de Symbian via rapidshare.

A preocupação de não confundir o consumidor é válida, mas será que vale a pena todo o transtorno, se o consumidor vai ser "confundido" por um blog que é visivelmente fã da empresa, e que provavelmente atenderá as dúvidas dos visitantes com mais presteza e eficiência que o SAC oficial?

Os tempos, eles estão mudando, já diz o filósofo Robert Zimmerman, as medidas draconianas de antigamente não são mais vistas com bons olhos. As novas mídias são uma ferramenta muito poderosa para divulgação de uma marca, mas o que o jurídico da Nokia (e o da maioria das empresas) não percebeu, não aceitou, sei lá, é que na Internet não existe o "Escute-me calado", e sim o "Escute-me e eu te Escuto".

Não é possível tratar todo blog como um pirata chinês fazendo um N95 kibado. Bolas, os blogs são os primeiros a denunciar esse tipo de produto. Não temos a pretensão de enganar consumidores, nem queremos ser visitados por gente burra o bastante para achar que o MeioBit é a Telefónica.

Não usamos as marcas como forma de sequestrar prestígio, as mencionamos na maioria das vezes porque gostamos delas.

Nós usamos imagens e citações sim, algumas vezes colocamos o nome das empresas nas categorias, alguns blogs criam verdadeiros subsites temáticos para determinadas marcas, e de graça. Outros usam o nome das empresas e produtos como o Google Discovery ou o MacMagazine.

Enxergar esse tipo de situação como "violação de marca" e pronto é algo imensamente tacanho. É ver o mundo por um viés jurídico muito, muito apertado, são antolhos que não deveriam mais existir. Eu tenho pena de quem percebe o mundo de forma tão simplista. Mal sabem o mal que estão fazendo às empresas que acham estar defendendo.

POR FAVOR, qualquer um que tenha a pretensão de EXISTIR em mídias sociais e no Mundo Online: Não deixem seus advogados agirem sem supervisão. Contratem gente que efetivamente entenda de Internet e tenha menos sede de sangue. Tornem qualquer ação externa algo feito somente depois de muita, muita deliberação por parte de quem sabe o que está fazendo.

Quando isso não é feito vemos um trabalho de anos da Nokia sendo destruído por causa de uma falta de visão do jurídico E de uma total falta de comunicação interna. Não é justo culpar a Empresa como um Todo, mas ao mesmo tempo é SIM culpa da empresa, que ignorou a regra fundamental para manter uma boa imagem na Internet: Seguir o conselho de Shakespeare em Henrique VI, Ato IV, Cena 2: "Matem todos os advogados".

relacionados


Comentários