Meio Bit » Baú » Mobile » Google anuncia Nexus One, o superphone

Google anuncia Nexus One, o superphone

06/01/2010 às 12:09

Confirmando os rumores, ontem o Google anunciou, oficialmente, o Nexus One, seu primeiro smartphone, ou, como a empresa chama, “superphone”, produzido pela HTC e equipado com Android 2.1 “Eclair”, a última e mais potente versão do sistema.

As especificações e os preços bateram com os vazados anteriormente, e de novo, mesmo, tivemos apenas o impressionante sistema de reconhecimento de voz, que funciona em todo o aparelho, porém requer conexão constante à Internet, já que a conversão de voz para texto é feita por nos servidores do Google. Vale (novamente) destacar dois aspectos da configuração do Nexus One: o processador Qualcomm Snapdragon de 1 GHz, que permite transições, efeitos e frescuras visuais com baixo consumo de energia e sem comprometer o desempenho das aplicações; e a aparentemente belíssima tela OLED touchscreen (nada de multitouch🙁 ) de 3,7” e resolução HVGA (480x800).

A loja do Google, por onde é possível comprar o Nexus One já com contrato (T-Mobile) ou desbloqueado, está no ar, e lá alguns detalhes podem ser vistos. O primeiro é essa mensagem chata que nós, brasileiros, recebemos ao acessá-la:

Sorry, the Nexus One phone is not available in your country.

No momento, está à venda somente para Estados Unidos, Reino Unido, Singapura e Hong Kong.

Já é possível ver, também, que a T-Mobile não será a única operadora disponível para o Nexus One. Ainda indisponíveis, mas já na página de compra do gadget, estão também Verizon (EUA) e Vodafone (Reino Unido), o que significa que teremos uma versão CDMA do superphone. Aparentemente, essa só será vendida atrelada a um contrato; a versão GSM, como já dito noutra oportunidade, é comercializada tanto com contrato (T-Mobile, US$ 179,00), quanto desbloqueada (US$ 529,00). Falando em preços, aliás, vale a pena dar uma olhada nesta tabela comparativa, contendo Nexus One, iPhone, Pre e Droid.

NexusOne2-550x363-20100106

Durante a apresentação, ontem, foram mostrados vários recursos do Nexus One, e uma informação chamou bastante a atenção: esse é “o primeiro de muitos dispositivos”. Espera-se, embora ainda seja cedo para quaisquer novidades, que com o tempo o Google comece a liberar novos aparelhos focados em públicos específicos.

Parece um aparelho fantástico. O mais rápido e atualizado Android do mercado, com novidades bacanas, forte integração com produtos Google (Voice e até Earth!), uma fabricante experiente e de boa reputação por trás (HTC), e… enfim, é difícil encontrar pontos fracos no Nexus One. As primeiras impressões de quem o utilizou são muito boas. Depois de passar por saias justas com Wave e Chrome OS, parece que o Google voltou a acertar. E em cheio.

relacionados


Comentários