Meio Bit » Baú » Games » CEO da Epic defende partidas entre plataformas

CEO da Epic defende partidas entre plataformas

Para CEO da Epic Games, acabar com a barreira entre consoles é algo que será bom para todos e que inevitavelmente isso acontecerá.

28/03/2018 às 10:03

fortnite

Quando se fala em podermos disputar partidas entre consoles diferentes, algumas pessoas tendem a encarar o recurso apenas como uma tentativa da Microsoft para roubar usuários da Sony. Talvez por parte da Gigante de Redmond seja apenas isso mesmo, mas olhando para o cenário como um todo, acho que não dá para reduzir a discussão apenas a uma guerra entre consoles.

O fato é que se tal recurso fosse implantado muita gente poderia se beneficiar dele, acabando de uma vez por todos com uma das barreiras mais irritantes que existem na indústria. Oras, porque eu tenho que comprar um novo console apenas para poder jogar com um amigo que está do outro lado do muro? (sim, eu sei a resposta)

Pois quem saiu em defesa novamente das partidas entre plataformas foi Tim Sweeney, CEO da Epic Games, que após dizer durante um painel na GDC que a barreira entre o Xbox e o PlayStation inevitavelmente cairá, participou de uma entrevista para a revista Rolling Stone onde voltou a falar sobre o assunto.

Acho que é do interesse de todos apoiar a interoperabilidade. Qualquer que seja a história, é realmente do interesse dos jogadores jogar com os seus amigos. Os jogadores que jogam com seus amigos gastam mais e ficam mais engajados. Com um jogo como o Fotnite, nas escolas você possui salas que jogam juntas. A tradicional divisão entre donos de PlayStation e Xbox não precisa mais estar aí.

Sweeney disse então que essa interoperabilidade já existe, com as compras que fazemos no iOS podendo ser aproveitadas nas versões do jogo para os consoles, mas o que eu gostaria mesmo era de ver o dia em que não teríamos mais de ser impedidos de jogar com um amigo “apenas” porque ele está em outra plataforma.

A única coisa que não consigo entender é porque alguns jogadores se posicionam contra ou parecem incomodados com o cross-play. Será que essas pessoas não conseguem entender que isso poderia ser bom para todos e que como quase sempre acontece nessas situações, se algo não tem utilidade para você, basta ignorar e deixar que os outros a aproveitem?

Enfim, estou com Tim Sweeney, principalmente quando ele diz que cedo ou tarde esse muro será derrubado e quando isso acontecer, ficarei muito feliz.

relacionados


Comentários