Meio Bit » Baú » Games » China culpa jogos por crimes

China culpa jogos por crimes

28/12/2009 às 10:44

Dona do título de país com o maior número de pessoas na internet, a China tem jogado nos games a responsabilidade por muitos dos crimes que tem acontecido em suas terras e se cerca de 210 milhões de pessoas (das 338 milhões conectadas) dedicam seu tempo a eles, essa tarefa se torna um pouco mais fácil.

Na semana passada o canal estatal de televisão exibiu a segunda parte de um programa de televisão chamado “Confissões de um Assassino” onde era discutido, principalmente, a influência dos jogos eletrônicos em alguns problemas como o vício em drogas, a gravidez na adolescência e assassinatos.

A equipe foi até uma prisão para jovens onde 80% dos internos estariam ali, segundo o programa, por causa dos jogos online e um dos entrevistados foi condenado a prisão perpétua por ter matado cinco pessoas para obter melhores equipamentos para seu personagem num MMO.

dori_chn_28.12.09 A produção seguiu mostrando uma jovem de 14 anos que já teria feito dois abortos por causa de um jogo de dança que incentiva as pessoas e terem relacionamentos sexuais no primeiro encontro e como as pessoas se viciam em metanfetamina para conseguirem ficar acordas por mais tempo e consecutivamente passar mais horas nos universos virtuais.

Sabendo do que está acontecendo por lá, fico imaginando como deve ser difícil morar num país onde o governo não dá o devido suporte à população e acaba se livrando da responsabilidade culpando outros setores, como os games. Ainda bem que onde vivemos isso não acontece.

[via Computerworld]

relacionados


Comentários