Meio Bit » Baú » Internet » Backupify grátis até 31 de janeiro

Backupify grátis até 31 de janeiro

23/12/2009 às 0:24

Um dos efeitos colaterais de serviços baseados na web é a falta de controle sobre os arquivos que hospedamos neles, ou mesmo sobre o que produzimos neles. Veja o Twitter, por exemplo. Não existe uma maneira nativa de manter seus status, mensagens diretas, favoritos e contatos salvos n’outro lugar. A saída é confiar não só na infraestrutura do serviço, mas também em sua longevidade.

Esse cenário repete-se em vários outros lugares. Gmail, Flickr, FriendFeed, Delicious, Google Docs… São tantos!

Mas e se houvesse uma maneira de manter um backup disso tudo? Essa é a proposta do Backupify. Ao criar uma conta, basta, na página de administração, inserir as credenciais (login e senha) dos serviços que deseja, e todo o trabalho sujo é feito por lá. Ao término do processo, um e-mail lhe é enviado avisando que está tudo ok.

Lançado em junho, o Backupify, na versão gratuita, liberava apenas o backup do Twitter, mais para o usuário conhecer o serviço, que aparenta ser absolutamente simples. Para ter acesso ao serviço completo, era necessário pagar uma pequena taxa. Peraí, “era”? Sim, era.

A oferta é por tempo limitado, mas seus efeitos são permanentes. Até o dia 31 de janeiro, o Backupify é gratuito. Para sempre. Ou seja, criando sua conta até 31 de janeiro, você assegura backup eterno dos seus serviços online. É bom ou quer mais?

Como não existe almoço grátis, existe uma explicação para essa bonança. A intenção é dar mais publicidade ao serviço, visando, em último caso, aumentar a base de usuários. Atualmente, ele conta com cerca de 3000 assinantes, e uma média de 400 novos usuários por semana.

Há planos para, em 2010, apresetar um novo modelo de pagamentos, ao que Rob May, presidente da companhia, refere-se como “freemium”: até um certo limite de dados, ele será gratuito; depois disso, haverá pagamentos mínimos. Isso só valerá, porém, para quem registrar-se depois do dia 31 de janeiro; daqui até lá, todos terão espaço ilimitado, para sempre.

backupify-20091222

Infelizmente, o Backupify não tem a capacidade de restaurar os dados caso sua conta seja hackeada ou apagada. O máximo que ele faz é gerar arquivos *.xml, meio inúteis nas mãos de um leigo, mas bem melhor do que ficar a ver navios.

O Backupify utiliza-se dos serviços de cloud computing da Amazon, o AWS e S3. Além disso, é parceira da Intel, e inclusive fará uma ponta na apresentação dessa na CES 2010, que acontecerá em Las Vegas durante os dias 7 e 10 de janeiro.

Já criei minha conta. Gostei da simplicidade e transparência do serviço, mas fiquei com um pé atrás com os termos do mesmo. Além disso, como se trata de uma companhia novata, é impossível prever seu desenvolvimento mesmo a curto prazo. Pode ser que, com o tempo, o Backupify torne-se um nome tão confiável e seguro quanto Google ou Microsoft, mas, até lá, é bom ir sem muita sede ao pote…

Fontes: Smaterware e ZDNet.

relacionados


Comentários