Meio Bit » Baú » Fotografia » Guia de Compras Meio Bit - Câmeras DSLR de Entrada

Guia de Compras Meio Bit - Câmeras DSLR de Entrada

22/12/2009 às 13:53

Aqui o papo começa a ficar sério. Depois de passar por todas as categorias de câmeras fotográficas dentro das compactas, a evolução natural para o fotógrafo amador é adquirir sua primeira DSLR. Por mais que você aprecie o pequeno tamanho de sua câmera ou a versatilidade de sua ultrazoom, depois de ter em suas mãos uma câmera reflex e constatar a nitidez do view finder ótico e a qualidade das imagens, mesmo em ISO elevado, garanto que não vai querer voltar nunca mais para uma câmera compacta. Eu que comecei a fotografar com uma reflex no distante ano de 1995, nunca consegui me adaptar às câmeras compactas. Tenho algumas encostadas aqui em casa, mas são usadas quase que exclusivamente quando vou ministrar algum curso e nem todos os alunos possuem câmeras.

As indicações aqui não possuem segredos. Embora algumas empresas de aparelhos eletrônicos tenham adentrado o mundo da fotografia digital com muita competência, os três indicados nesse texto são da velha guarda de fabricantes. Antes que me joguem pedras, só quero lembrar que as câmeras indicadas por mim nesses textos são equipamentos com os quais tive contato, então posso assegurar a qualidade. Claro que minhas escolhas não estão dissociadas de minhas preferências, mas no geral tenho dado prioridade para o maior número de possibilidades. Este é o último post dessa série de guia de compras. Para fechar com chave de ouro, vamos tratar das DSLR de entrada, que são as câmeras reflex mais baratas e voltadas para o público amador. Sei que câmeras mais avançadas possuem melhor qualidade de imagem e recursos, mas as câmeras mais baratas se encaixam melhor no perfil do leitor do site.

- Nikon D5000 – tive a oportunidade de brincar com uma dessas nesse fim de semana. Câmera bem construída e confortável mesmo para quem tem mãos grandes. A parte emborrachada da empunhadura garante boa estabilidade na hora de fotografar. Três quesitos que acho importantes, mas não influenciam na qualidade da imagem, são a facilidade de se entender a interface gráfica do menu do equipamento, o visor LCD móvel e o barulho suave do obturador. Coisa de fotógrafo chato. A câmera possui 12,9 megapixels de resolução máxima, faz 4 fotos por segundo no modo contínuo e grava vídeos em alta definição com resolução de 1.280x720 pixels a 24 fotogramas por segundo. Um ótimo equipamento para quem vai começar agora nessa categoria. Preço médio no Brasil de R$ 2.999,00.

- Canon EOS Rebel 500D – Evolução natural da EOS 450D (XSi) esse equipamento chega com a missão de substituir uma das câmeras mais vendidas da empresa. Não encontramos muitas mudanças no corpo da câmera e nem no menu do equipamento. Inclusive, continuo notando a extrema fragilidade da porta da bateria (coisa que se repete em modelos mais avançados da empresa também). As diferenças ficam evidentes no novo sensor de 15 megapixels, o novo processador Digic IV e a capacidade de fazer vídeos em alta definição em resolução de 1920x1080 com 20 fotogramas por segundo. Outra diferença marcante é que a câmera agora alcança o ISO 12.800 (na XSi o máximo conseguido é 1600) e também conta com novo sistema de redução de ruído. Preço médio no Brasil de R$ 2.899,00.

- Pentax K-x – sim, a câmera foi lançada há pouco tempo, mas já encontrei um maluco aqui na redondeza que comprou. Claro que fiz uma pequena visita ao equipamento para comprovar tudo o que estão falando sobre a câmera. Posso afirmar que gostei muito. A câmera é leve e pequena. O Dpreview afirma que é uma das menores câmeras DSLR com sensor APS-C já fábricada. A resolução máxima chega a 12,4 megapixels, possui 11 pontos de autofocus e faz vídeos em alta definição com resolução de 1.280x720 pixels e com 24 fotogramas por segundo. Uma característica marcante é que a câmera é alimentada por pilhas AA recarregáveis. Ótima escolha para quem vai começar agora no mundo das DSLR e ainda não possui acessórios ou lentes que o obriguem a se manter em uma determinada marca. Preço médio no Brasil de R$ 2.250,00 (Preço Mercado Livre).

Bem gente, é isso. Espero ter ajudado os futuros fotógrafos a se decidirem por um equipamento dentro das categorias que tratamos. Qualquer dúvida ou pedido de sugestão é só deixar nos comentários.

relacionados


Comentários