Meio Bit » Baú » Indústria » Chips: sim, nós podemos!

Chips: sim, nós podemos!

10/12/2009 às 23:39

Deu no New York Times, ou melhor, no Electronic Engineering Times: o Brasil tem, oficialmente, sua primeira fábrica de “chips” (não a batatinha, mas o componente eletrônico), com um produto totalmente nacional.

O chip é um identificador de gado, via RFID e está sendo testado em rebanhos de Minas Gerais. A autora da façanha é a CEITEC Semiconductors. A empresa é pública e consumiu investimentos da ordem de US$ 220 milhões.

Muito bom! Parabéns para nós! Mas me perdoem se sou um pouco cético quanto ao futuro dos semicondutores aqui na terrinha. Explico: não temos memória (não a eletrônica, mas a biológica mesmo). Nos esquecemos (?) de que o governo não tem e nunca teve uma política séria para o desenvolvimento de semicondutores. Nos esquecemos de que já tivemos, sim, uma fábrica de “chips” com capacidade de projetá-los (a SID Microeletrônica) e que, justamente por falta de uma política para a área, foi à falência.

Não me entendam mal: é uma oportunidade fantástica para diminuirmos a dependência que a indústria tem de semicondutores importados (especialmente microprocessadores de 8 bits). Mas levando em conta nosso histórico, parece que ficaremos, mais uma vez, só nos fogos de artifício. Espero, sinceramente, estar enganado.

relacionados


Comentários